Frutíferas em vasos. Como cultivar?

 

 

Dá para saborear uma fruta colhida no pé morando na cidade, num apartamento ou casa pequena? Claro que sim! As frutíferas podem ser plantadas em vasos e produzir belos e deliciosos frutos da mesma forma que acontece no plantio no solo. A única diferença é que no plantio em vasos o solo deverá ser mais estruturado em sua nutrição do que no cultivo tradicional. E a reposição dos nutrientes deverá acontecer durante várias vezes no ciclo de cultivo da planta.

Mas é preciso estar consciente de que, por mais que os vasos caibam em espaços pequenos, as frutíferas necessitam de várias horas diária de luz direta do sol. Uma sacada bem ensolarada, um terraço ou mesmo um pátio é fundamental.

Quais plantas frutíferas podem ser plantadas em vasos?

Abaixo algumas espécies que se adaptam ao cultivo em vaso, frutificando com vigor e qualidade:

 

Romã 

A romãzeira, além de ter frutos deliciosos, ainda apresenta uma belíssima floração, com flores carnosas e dobradas. Ela se adapta tão bem aos vasos que pode ser cultivada inclusive como bonsai, em formatos miniaturizados e muito elegantes.

 

Limoeiro 

As variedades de limões se adaptam incrivelmente aos vasos, muitas vezes carregando de enormes e perfumados limões. Escolha variedades produtivas, preferencialmente enxertadas e já produzindo para plantar em vasos.

 

Laranjeira 

Escolha uma planta enxertada, preferencialmente de porte anão e que já esteja produzindo. Aprecia regas frequentes e muito sol para manter a saúde. Evite chegar a copa fechada, tipo arbustiva, pois reduz a produtividade e aumenta a chance de doenças e pragas se instalarem.

Laranja-kinkan 

Essa laranjeira é ideal para vasos, pois possui naturalmente menor porte e frutos pequenos, ficando não apenas proporcional, mas linda e produtiva se bem cuidada. Aprecia meia sombra.

 

Mexerica 

 

Essa tem um gostinho especial de infância, pois não precisa nem de faca para saborear. A gente descasca com as mãos e já fica aquele perfume. Cuide da mesma forma que laranjeiras e limoeiros, com boa fertilização, regas e podas de limpeza e formação. Escolha variedades produtivas, preferencialmente enxertadas e já produzindo, para plantar em vasos.

 

Manga 

Por incrível que pareça, as mangueiras, árvores tão imponentes, de folhas e frutos grandes, também podem ser cultivadas em vasos. Elas têm necessidade de água e luz, mas se adaptam bem aos vasos. Escolha variedades anãs, que produzam mesmo com pequeno porte.

 

Jabuticaba 

A jabuticabeira é uma das árvores preferidas para plantar em vasos. Compre plantas da variedade Sabará, anã e que já estejam produzindo. A jabuticabeira é especialmente exigente em água. Não deixe faltar no período de floração e frutificação.

 

Pitanga 

Uma espécie nativa, de pequeno porte e com os frutos mais deliciosos e perfumados. Além disso, são difíceis de encontrar em supermercados e quitandas, sendo comum que pessoas que crescem nas cidades nunca terem provado pitanga. Uma fruta tão brasileira e que ajuda a alimentar a fauna silvestre também. Atualmente ainda há uma variedade arbustiva, de enfolhamento denso, que além de produzir pitanga, torna-se um elegante arbusto, podendo ser até mesmo topeado.

 

Araçá 

Outra frutífera nativa do Brasil, com um sabor do campo, que lembra a goiaba. Escolha preferencialmente variedades anãs, de frutos vermelhos ou amarelos. Rústica e fácil de cuidar.

 

Maçã 

 

A frutífera favorita nos Estados Unidos e Europa, para plantar em vasos. Lá há disponibilidade de árvores de porte anão, que produzem muito, mesmo bem pequenas. Pode ser uma opção interessante em locais de clima mais temperado a subtropical.

 

Figo 

Uma árvore exótica, mas muito bem adaptada. As figueiras também são ótimas para plantar em vasos e obter seus deliciosos frutos. Cuide com as podas, para formar uma árvore de copa limpa e bem arejada, mantendo assim sua saúde e estimulando a produção de frutos.

 

Goiaba 

 

Outra nativa muito fácil de cuidar e boa para vasos. E é incrível como o sabor de goiaba arrancada do pé é diferente das goiabas compradas. As compradas sempre me passam a sensação de serem verdes, indigestas e grandes demais. Coma goiaba in natura, ou prepare compotas, goiabada, molhos, etc, com sua própria goiabeira cultivada em vasos. Cuide para que não falte água e fertilizantes.

 

Acerola 

 

Já pensou ter sua dose de vitamina C diária ao alcance das mãos? A acerola é uma fruta riquíssima e saborosa. Ideal para sucos refrescantes. E adivinha só? É perfeita para plantar em vasos. Gosta de sol, calor e regas frequentes.

Há outras espécies que se adaptam bem a vasos, entre essas podemos citar a cerejeira-do-rio-grande, cerejeira, ameixeira, pessegueiro, pereira, amoreira, abacateiro, nectarina, lichia, framboesa, entre outras.

 

 

Seguem algumas dicas importantes e práticas para o cultivo:

Vaso e terra

 

Para cada árvore de frutos você precisará de um vaso que contenha 20 litros de terra, pelo menos e, é importante que haja espaço para as raízes se expandirem (vasos bojudos são bem adequados). Prepare a terra para estes vasos com uma mistura de 50% de terra orgânica, preta, pesada, e 50% de areia média de construção (areia de rio lavada). No fundo do vaso, até uns 15cm da altura, faça a cama de drenagem com pedriscos, cacos de telha ou tijolo (não se esqueça de que o vaso deverá ter alguns furos no fundo, para escoamento da água).

Sol e luz

As frutíferas só darão bons frutos se tiverem sol e luz durante, pelo menos, 6 horas, todos os dias.

Adubação

Você deverá fornecer à terra de cada vaso os nutrientes necessários – nitrogênio, fósforo, potássio deverão ser incorporados à terra algumas semanas antes de você instalar a muda frutífera – e os micronutrientes que cada planta requer e que você identifica pela coloração das folhas. Um “plus” de fertilização deverá ser feito antes da época de frutificação, quando as flores começam a abrir, e você poderá usar composto orgânico bem curtido, torta de mamona e cinzas, ou líquido fertilizante que se faz com restos orgânicos batidos com água.

Irrigação

Dependendo do clima da sua região, uma frutífera em vaso precisará de até 3 regas por semana. Você pode fazer as regas em dias fixos reduzindo a quantidade em períodos de chuva e aumentando em época de muita seca. Também pode fazer a rega com o líquido fertilizante de que falei acima e para o qual existem diversas fórmulas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *