AS VANTAGENS DO MARKETING DIGITAL PARA O AGRONEGÓCIO

Vivemos em um mundo globalizado em que as informações fluem com muito mais velocidade e com a possibilidade de acesso móvel mais utilizada como nunca. Para isso, o agronegócio vem criando ferramentas para conseguir se consolidar ainda mais no atual cenário econômico. O marketing digital conduz ao contato real entre quem vende e quem compra.

A Associação Brasileira de Marketing Rural e Agronegócio (ABMRA) divulgou pesquisa mostrando que a internet já faz parte do dia a dia no campo. Segundo os dados, desde 2013 houve um aumento de 48% no uso de dispositivos móveis por agricultores rurais – em 2013, 13% utilizavam a tecnologia, já em 2017 o número atingiu 61%. Desse último número, 96% possuíam pelo menos uma conta em uma rede social. E três delas eram mais utilizadas: Whatsapp (96%), Facebook (67%) e Youtube (24%).

 

IMPORTÂNCIA DO MARKETING DIGITAL NO AGRONEGÓCIO

O fato é que o perfil do homem do campo está mudando e a tecnologia, que já tinha um papel importante na produção de equipamentos agrícolas, vem ganhando cada vez mais espaço. Os produtores estão percebendo que a internet é uma aliada na tomada de decisão e pode ser utilizada para encontrar fornecedores, acompanhar informações sobre o clima e o mercado, bem como consumir notícias sobre o assunto.

Portanto, a empresa que atende esse público e se coloca presente no mundo digital, disponibilizando informações e outros conteúdos relevantes, tem vantagem no mercado. Além disso, o meio on-line proporciona uma comunicação mais ativa e pessoal com o cliente, possibilitando interação e engajamento daqueles que seguem a marca.

Nesse sentido, o posicionamento da marca também está entre os benefícios de investir no marketing digital, isso porque o consumidor costuma optar por uma solução que está no seu imaginário e que tem valores parecidos com os dele.

 

REDES SOCIAIS

A facilidade de propagação das informações nas redes sociais e o relacionamento com a audiência que mistura interação, conteúdo e atendimento ao cliente, faz das redes sociais uma mídia completa e eficiente. Entre os produtores do agronegócio, o Facebook e o Instagram aparecem entre as opções mais utilizadas. Por isso, apostar nas ferramentas dessas redes pode aumentar significativamente os resultados da empresa.

Além de divulgar produtos e mostrar as vantagens de cada um deles, vale pensar em ações que engajem. Uma dica é criar uma espécie de concurso fazendo com que os produtores enviem fotos bonitas da propriedade ou da plantação, divulgando os que tiverem mais curtidas. Assim ganha-se um conteúdo produzido pela própria audiência e promove um relacionamento mais próximo de quem segue a marca.

Ainda pouco utilizado pelas marcas, mas também com um grande potencial, está o WhatsApp. Esse canal de relacionamento é muito importante para o público entrar em contato e obter uma resposta rápida. Dependendo do segmento, dá para explorar ainda mais esse aplicativo.

 

CONTEÚDO

O agronegócio está em constante transformação, são novidades diárias em pesquisa e mercado. Além disso, o produtor está sempre em busca de informações sobre esses assuntos e recorre à internet para encontrar o que precisa. Sendo assim, se envolver com a produção de conteúdo relevante que desperte a atenção do produtor e de pessoas que compram sua solução, atrai mais possíveis clientes para site/blog.

No entanto, é importante trabalhar uma estratégia com o objetivo de converter esses interessados em oportunidades de negócio. Por isso, traçar um planejamento completo que gere visita e conversão é muito importante para fazer com que o conteúdo traga resultados.

Quanto ao conteúdo em si, busque trabalhar assuntos que provoquem interesse no seu futuro cliente. Se a empresa atende produtores de soja e milho, pode explorar assuntos como técnicas de manejo, época de plantio, variação do preço das commodities na bolsa de valores, controle de pragas e etc.

Outra boa estratégia, é adotar parcerias com engenheiros agrônomos ou outros profissionais da área para produzir conteúdos exclusivos, como vídeos e blog posts. Isso dá mais credibilidade para marca e para as informações que são publicadas.

 

 

GRUPO MF RURAL E O MARKETING DIGITAL

O Grupo MF Rural é um dos principais pioneiros na utilização do marketing digital direcionado ao agronegócio. Entre suas principais ações estão:

Site MF Rural

O site MF Rural foi criado em novembro de 2004 a partir da ideia do médico veterinário Wilson Lucas que, atuando por 38 anos em sua profissão, sabia da carência de dados, informações e opções de mercado quando precisava comprar algum produto rural. Com o site no ar, o objetivo era encurtar distâncias e promover negócios entre pessoas do meio rural.

O objetivo do site sempre foi fazer a ponte comercial entre vendedores e compradores através de inúmeros anúncios num bem organizado classificado digital.

Hoje o site tem o fluxo de 3 milhões de acessos ao mês, sendo acessado em 180 países, com mais de 800 mil cadastros.

Além disso uma equipe de profissionais capacitados faz a divulgação do site nas principais redes sociais e trabalho estratégico no Google Adwords e SEO, mantendo a divulgação sempre fluida, dinâmica e eficiente.

 

Site MF Leilões

Outro exemplo bem-sucedido é o site MF Leilões, também pertencente ao Grupo MF Rural.

O site MF Leilões foi criado com o objetivo de facilitar e segmentar a comercialização, através de uma plataforma específica para leilões rurais, trazendo praticidade e condições de pagamento diferenciadas.

É possível acessar a plataforma de leilões diretamente na página inicial, tanto no site MF Leilões como do site MF Rural. Dessa forma a empresa consegue fazer a captação de visitantes qualificados e interessados no conteúdo, aproveitando a audiência do maior portal de agronegócio do país.

Também é possível acessar a plataforma no celular e/ou tablet, sem necessidade de baixar aplicativo.

São mais de 10 de milhões de páginas vistas por mês, 2,4 milhões de visitantes mês e mais 800 mil cadastros.

A equipe do Grupo MF também utiliza com grande êxito a divulgação através das redes sociais, gerando ainda mais interação.

PRINCIPAIS EVENTOS DO AGRONEGÓCIO BRASILEIRO EM 2019

Segundo especialistas, as previsões para o agronegócio brasileiro para 2019 são otimistas, tanto no cenário internacional como no ambiente doméstico.

A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) divulgou recentemente suas estimativas para 2019. Dentre as perspectivas, está uma safra maior de grãos, devido ao clima mais favorável. Deve haver ainda um crescimento de 2% no Produto Interno Bruto (PIB) do agronegócio. Além disso, a entidade prevê uma alta de 4,3% no Valor Bruto da Produção (VBP), que mede o faturamento da atividade agropecuária dentro da porteira.

Na onda deste fluxo positivo de negócios em alta, as feiras e eventos ligados ao agronegócio também caminham em boa perspectiva, com previsões animadoras para os produtores e promotores.

Listamos aqui alguns dos principais eventos do agronegócio brasileiro.

 

SHOW RURAL COOPAVEL

O Show Rural Coopavel é um evento de difusão de tecnologia agropecuária que acontece anualmente no município brasileiro de Cascavel, no estado do Paraná.

Maior encontro do gênero no Paraná e um dos maiores no país, é considerado ainda uma das maiores vitrines do agronegócio do mundo. O principal objetivo é aumentar a produtividade de pequenas, médias e grandes propriedades rurais.

A 31ª edição do Show Rural Coopavel acontecerá de 04 a 08 de fevereiro de 2019, totalmente organizado pela Cooperativa Agroindustrial de Cascavel – Coopavel e realizado em parque próprio, localizado na Rodovia BR-277, próximo ao viaduto de acesso à cidade.

 

EXPOINEL

Considerada uma das maiores do mundo em número de animais de uma única raça, é organizada pela Associação Mineira dos Criadores de Nelore (AMCN). Acontece de 11 a 23 de fevereiro de 2019, em Uberlândia, MG.

A Expoinel, durante 21 anos teve caráter itinerante, passando por São Paulo, Goiânia, Campo Grande, entre outras praças referência para a pecuária nacional. A partir de 1994, passou a ser promovida em Uberaba/MG – o berço do zebu brasileiro e um dos principais polos de comercialização e promoção do Nelore PO.

Informações: www.nelore.org.br

 

EXPODIRETO COTRIJAL

A Expodireto Cotrijal é uma das maiores feiras do agronegócio internacional. Focada em tecnologia e negócios, contribui de forma decisiva para o desenvolvimento do setor. O principal objetivo é aproximar o produtor do conhecimento, das informações, da tecnologia consagrada e sacramentada nos órgãos de pesquisa ou nas empresas privadas, de ótimas oportunidades de negócios e também de importantes debates ligados ao meio rural. A ampla programação encurta caminhos entre as fontes geradoras de tecnologia e o produtor rural.

A 20ª edição da Expodireto acontecerá de 11 a 15 de março de 2019, na cidade de Não me toque, RS.

Informações: www.expodireto.cotrijal.com.br

 

 

EXPO LONDRINA

A ExpoLondrina se consagra como uma das mais completas exposições do setor. Em sua 59ª edição, o evento, que movimenta a economia de Londrina e região, alia inovação tecnológica à tradição da produção rural e disponibiliza agenda técnica que valoriza a excelência e estimula o desenvolvimento do agronegócio nacional. São 10 dias de programação diversificada: exposições, palestras, cursos, debates, oficinas, gastronomia e entretenimento.

O evento acontecerá de 05 a 14 de abril de 2019, no Parque Governador Ney Braga, em Londrina.

 

EXPOGRANDE

A Tradicional feira agropecuária de Campo Grande, acontecerá de 04 a 14 de abril de 2019, no Parque de Exposições Laucídio Coelho, em Campo Grande e é organizada pela Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul (ACRISSUL).

As raças participantes são nelore, brangus, sindi, senepol, girolando e gir, enquanto no caso dos equinos são as raças crioulo, árabe e pantaneiro, incluindo ainda os muares, pôneis e ovinos. No caso dos bovinos, o destaque é para as raças nelore e girolando e, entre os equinos, a atração fica por conta das raças árabe e pantaneiro, que têm os maiores rebanhos no Estado.

Informações: (67) 3345-4200

 

TECNOSHOW

A TECNOSHOW, que acontece de 08 a 12 de abril, é organizada anualmente pela Cooperativa Agroindustrial dos Produtores Rurais do Sudoeste Goiano (COMIGO) e vem evoluindo e expandindo resultados a cada edição. Os números de expositores e a comercialização dos produtos crescem de forma surpreendente, a quantidade de visitantes atraídos para a Feira também demonstrou um incrível crescimento ao longo dos anos.

A diversidade é uma marca registrada do evento. Máquinas e equipamentos agropecuários, plots agrícolas, animais das mais variadas espécies, palestras técnicas e econômicas, educação ambiental (através do Espaço Ambiental) e dinâmicas de máquinas são alguns atrativos.

Trata-se de uma extensa vitrine de tecnologias para o homem do campo, seja ele pequeno, médio ou grande produtor. Neste site, você encontra as informações detalhadas sobre esta que é considerada a Grande Feira de Tecnologia Rural do Centro-Oeste Brasileiro.

Informações pelo site: www.tecnoshowcomigo.com.br

 

EXPOZEBU

A 85ª Expozebu acontecerá na cidade de Uberaba, no período de 27/04/2019 até 05/05/2019, das 9 h às 23 h; no Parque de Exposições Fernando Costa; situado na Praça Vicentino Rodrigues da Cunha, 110 – São Benedito, Uberaba – MG.

No evento serão expostos e ou comercializados:

Maquinários; equipamentos pecuários; bretes com balanças eletrônicas; embriões; laboratórios de dna; veículos; barcos; selaria; cucos; roupas; produtos veterinários; nutrição animal e concertos. O evento terá ainda leilões das mais variadas raças de animais, organizados em diversos lotes.

Inscrições

As inscrições para participar da ExpoZebu serão de 28/01/2019 até o dia 19/04/2019, ou antes, se completada a lotação dos pavilhões, conforme Regulamento, pelo site: https://www.abcz.org.br

Telefone: (34) 3319-3900

Informações: www.expolondrina.com.br

 

AGRISHOW

A principal feira do setor na América Latina, a Agrishow reúne soluções para todos os tipos de culturas e tamanhos de propriedades, além de ser reconhecida como o palco dos lançamentos das principais tendências e inovações para o agronegócio.

São 25 anos de sucesso absoluto, reunindo mais de 800 marcas expositoras e mais de 159 mil visitantes qualificados em 440.000 m2 de área, trazendo o que há de mais novo em tecnologia agrícola.

Será realizada dos dias 29 Abril a 03 Maio – 2019
08h às 18h, em Ribeirão Preto, SP.

Informações: www.agrishow.com.br

 

BAHIA FARM SHOW

A Bahia Farm Show é a maior vitrine do agronegócio do Norte e Nordeste do Brasil e hoje está entre as três maiores do país em volume de negócios. Dela fazem parte as maiores empresas de máquinas, implementos, insumos, aviação e serviços, o que torna a feira baiana uma excelente oportunidade de realizar negócios, promover a sua marca e ficar em dia com as novidades do mercado.

Além de vitrine, a Bahia Farm Show também é palco de tomada de importantes decisões para o setor, já que a feira faz parte dos compromissos dos governantes, executivos públicos, CEOs de empresas, e muitos outros.

Na edição 2018, a feira atingiu a marca histórica de R$ 1,891 bilhão em volume de negócios, assumindo a segunda posição de vendas por visitantes no Brasil em eventos de agronegócio.

A edição 2019 acontecerá de 28 de maio a 01 de junho de 2019, na cidade de Luís Eduardo Magalhães, BA. É realizada pela Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa) e Instituto Aiba (IAiba), com o apoio da Associação dos Revendedores de Máquinas e Equipamentos Agrícolas do Oeste da Bahia Ltda (Assomiba), Fundação Bahia e Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães.

Informações: www.bahiafarmshow.com.br

 

MEGALEITE

Maior feira da pecuária leiteira do Brasil, que reúne em Belo Horizonte (MG), as principais raças leiteiras do país. O evento é organizado pela Associação Brasileira dos Criadores de Girolando e conta com o apoio técnico e financeiro do Governo de Minas, por meio da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (CODEMIG) e da Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SEAPA). A programação conta com julgamentos, torneios leiteiros, leilões, feira de negócios, debates e palestras.

A MEGALEITE é realizada, tradicionalmente, no mês de junho.

Informações pelo telefone: (34) 3331-6000 .

 

EXPOINTER

A Expointer é considerada a maior feira a céu aberto da América Latina. Lá, você poderá encontrar as tecnologias mais recentes do segmento e também as raças de animais de maior destaque entre as criadas no Rio Grande Sul, onde ela é realizada.

Além das exposições, essa que aparece na lista das principais feiras de agronegócios traz aos participantes palestras, workshops e audiências públicas de interesse do mercado agro. O espaço também conta com áreas de lazer e shows para o entretenimento dos participantes.

Acontecerá dos dias 24 de agosto a 01 de setembro, no Parque Estadual de Exposições Assis Brasil, BR 116, Km 13, Esteio – RS.

Informações: www.expointer.rs.gov.br

 

FESTA DO BOI

A Exposição de Animais e Máquinas Agrícolas do Rio Grande do Norte, é mais conhecida como Festa do Boi. É maior evento agropecuário e de agronegócio do estado do Rio Grande do Norte e uma das maiores do Nordeste, organizado pela ANORC – Associação Norte-Rio-Grandense de Criadores em parceria com a SAPE-Secretaria de Estado da Agricultura da Pecuária e da Pesca, no Parque de Exposições Aristófanes Fernandes em Parnamirim/RN.

As atrações da festa inclui julgamentos de todas as raças participantes, torneios leiteiros, exposições, leilões e shows musicais.

A FESTA DO BOI acontece no mês de outubro.

Informações pelos telefones:(84) 3272-2430 (84) 99995-9655 e (84) 99914-3314.

 

Agricultura orgânica: mercado brasileiro de produtos naturais vale R$ 3 bilhões

Com a demanda por produtos naturais cada vez mais alta, a tendência é que a agricultura orgânica se torne um segmento cada vez mais atrativo economicamente.

De acordo com o Conselho Nacional da Produção Orgânica e Sustentável (ORGANIS), em 2016, o setor de produtos orgânicos movimentou R$ 3 bilhões na economia brasileira. Ele também cresceu 20% em comparação ao ano anterior, mesmo com a crise econômica e com o fato de que estes produtos ainda têm um preço acima da média.

Além disso, uma pesquisa divulgada em junho de 2017, também da ORGANIS, constatou que 15% dos entrevistados havia consumido pelo menos um produto orgânico nos 12 meses anteriores. A procura é maior na região Sul, onde viviam 34% destes respondentes.

Do mesmo modo, vale ressaltar que 64% das pessoas associa o consumo de orgânicos à saúde e à melhora na qualidade de vida, duas preocupações crescentes na atualidade.

Entretanto, 62% dos entrevistados revelou que a principal dificuldade para o consumo dos orgânicos era o preço alto. A falta de locais próximos para comprá-los foi mencionada por 32% dos respondentes.

Estas estatísticas mostram que os brasileiros têm um interesse crescente em produtos orgânicos, só que encontram uma série de dificuldades para consumir estes produtos. Ou seja: este setor é é uma excelente oportunidade de mercado para o empreendedor do agronegócio brasileiro.

O que é a agricultura orgânica?

De acordo com o Sebrae, a agricultura orgânica pode ser definida como aquela que “enfatiza o uso e a prática de manejo sem o uso de fertilizantes sintéticos de alta solubilidade e agrotóxicos, além de reguladores de crescimento e aditivos sintéticos para a alimentação animal”.

Em outras palavras, trata-se de uma agricultura mais natural, sem o uso de químicos prejudiciais à saúde e à natureza. Os produtores tampouco usam sementes geneticamente modificadas (sementes transgênicas).

Quais são os principais produtos orgânicos produzidos no Brasil?

Quando analisamos o ranking dos produtos orgânicos produzidos no Brasil, a soja sai na frente. A versão natural  desta cultura representa 32% de todos os itens do tipo plantados no país. Em seguida, estão as hortaliças (27%) e o café (25%).

Há outros produtos que, apesar de não liderarem o ranking, também são interessantes. Alguns deles são a cana (já é exportada para 25 países), o cacau (a versão orgânica chega a valer até 30% mais que a comum) e o tomate (já existem defensivos agrícolas totalmente naturais, especialmente para esta cultura).

Quais são os benefícios dos produtos orgânicos para o ser humano e o meio ambiente?

Para o ser humano, os benefícios dos produtos orgânicos são óbvios: uma alimentação mais natural é relacionada a uma saúde melhor e a uma vida com menos doenças.

Também há vários benefícios para o meio ambiente, principalmente para o solo – um dos princípios da agricultura orgânica é o seu reconhecimento como um organismo vivo, que não tolera a alta quantidade de químicos usada na agricultura tradicional sem consequências.

Deste modo, para  o produtor rural, o cultivo orgânico é uma maneira de assegurar que a sua terra será produtiva por mais tempo, permitindo que você colha produtos de melhor qualidade. Além disso, como veremos a seguir, os produtos orgânicos são um setor promissor, cada vez mais rentável, com tudo para ser extremamente lucrativo.

A agricultura orgânica é economicamente competitiva?

Há muitos empreendedores do agronegócio que sentem-se receosos em trabalhar com produtos naturais, temendo que a empreitada não seja rentável. Contudo, isto ficou para trás: a demanda é crescente, assim como o surgimento de soluções específicas para a agricultura orgânica.

Um bom exemplo da evolução é o controle de pragas: plantar orgânicos não é mais sinônimo de estar à mercê delas. Já há empresas comercializando métodos de controle alternativos específicos para cada tipo de cultura, como os defensivos e os fertilizantes agrícolas naturais.

Paralelamente a este aumento na oferta de insumos, as estatísticas revelam que, apesar de o consumo de produtos orgânicos ainda não ser majoritário, grande parte dos brasileiros se interessa por isso. O problema é que há obstáculos que freiam o consumo (principalmente o preço e a baixa quantidade de estabelecimentos que os vendem).

Em âmbito global, o cenário também é promissor. O Brasil tem se tornado um país cada vez mais competitivo no mercado internacional de orgânicos, com mais de 15 mil propriedades rurais certificadas e em processo de certificação para produzi-los.

Quais são os principais usos dos produtos orgânicos no Brasil?

Quando o produtor pensa em agricultura orgânica, imediatamente se remete à produção para a indústria alimentícia e as feiras de orgânicos.

Entretanto, há outro setor para o qual é possível vender a produção: o de cosméticos. Cada vez mais, as marcas apelam para produtos baseados em insumos orgânicos, com um apelo mais natural e saudável.

Apenas o mercado de produtos de beleza naturais da América Latina vale US$ 50 bilhões, de acordo com o instituto inglês Organic Monitor.

Como pode ser visto com facilidade, o mercado de produtos orgânicos é uma grande oportunidade para o empreendedor agrícola moderno que está atento ás necessidades dessa nova parcela da população que investe cada vez mais em saúde.