Os cuidados com bezerros recém-nascidos

bezerro

Na criação de gado de corte, a deficiência nutricional da fêmea pode afetar o trabalho de parto. Além da produção de colostro ficar com baixa capacidade e interferir no tamanho do feto.


O colostro é a secreção da glândula mamária. Tem grande valor nutritivo e confere imunidade passada pelas mães aos bezerros. É essencial que seja ingerido em maior quantidade nas primeiras seis horas de vida e tem capacidade de proteger o bezerro se for ingerido até no máximo 24 horas após o nascimento.

Nas vacas, a passagem de anticorpos protetores de doenças não acontece pela placenta, daí a importância do primeiro leite. Nele, toda a experiência imunológica é passada para o bezerro.

A cura do umbigo evita contaminações por agentes infecciosos do meio externo que de forma ascendente causam infecções generalizadas no bezerro, pois, ao nascer, este apresenta uma abertura no umbigo que serve de porta de entrada para agentes infecciosos. Estes podem causar infecção local – onfaloflebite – e sistêmica, disseminando o agente em vários órgãos, acarretando muitas vezes inflamações das articulações – onfaloarterites (caruara), pneumonias, abcessos hepáticos, renais e cardíacos. Em geral, está associada à deposição de ovos de moscas causando a instalação de miíases (bicheiras), o que pode acarretar até a morte do animal.

O umbigo deve ser cortado na medida de dois dedos e imerso em solução de iodo, na concentração de 10% em álcool, ou produto similar, imediatamente após o nascimento, causando, assim, a desidratação do umbigo e evitando o aparecimento de bicheiras.

 


 

Veja aqui alguns produtos mencionados acima: gadobezerrosleite, vacas, animais.

Anuncie no MF Rural e tenha seu produto visualizado por todo o Brasil: clique AQUI para fazer o cadastro. Para comprar, clique AQUI para visualizar os classificados do dia, ou use a barra de busca no cabeçalho para encontrar o produto desejado.