COMO VENDER BEM ATRAVÉS DE ANÚNCIOS

Nós, do site MF RURAL, sabemos que, quanto maior a visualização do seu anúncio, maior a probabilidade de encontrar pessoas interessadas em negociar com você.

Para auxiliá-lo, ainda mais, nessa busca por clientes em potencial, separamos algumas dicas que podem ajudar a otimizar o seu anúncio de forma orgânica.

 

O MELHOR TÍTULO PARA O SEU ANÚNCIO

Esse é um ponto crucial, principalmente porque, é através do título que as pessoas vão encontrar o seu anúncio. É preciso ser objetivo. Diga de forma simples e direta o que você está anunciando. Isso ajudará também nos resultados de sites de busca, como o Google, por exemplo.

 

IMPORTANTE INCLUIR O VALOR 

É extremamente importante que você coloque o quanto quer receber pelo o que você está anunciando. Mas lembre-se: esse não precisa ser o valor final, pois você tem total liberdade de negociar com as pessoas interessadas. Incluir o valor facilita o início da negociação.

  

IMAGEM DO PRODUTO 

Anúncios com fotos têm sempre maior destaque e eficiência.  Dependendo da qualidade da imagem,  ilustram muito melhor o que se pretende vender.

 

CUIDADO ENTRE EXPECTATIVA E REALIDADE

Seja qual for o seu ramo, se você fornece produtos ou presta algum serviço, mostre as pessoas o que você realmente tem a oferecer. A imagem deve mostrar a realidade do que pretende vender. Além de garantir credibilidade, isso poderá ajudá-lo a fidelizar clientes e os mesmos poderão indicá-lo para outras pessoas.

 

Então mãos à obra:

– Utilize uma câmera ou celular que tenha uma boa resolução;

– Fotografe os melhores ângulos, de forma com que o seu possível cliente possa ver os detalhes mais importantes. Isso valoriza ainda mais seu produto ou serviço;

– O Tamanho da imagem pode variar, mas o mais recomendado seria 640×480 pixels.

 

DESCRIÇÃO

UMA IMAGEM VALE MAIS QUE MIL PALAVRAS? NÃO!

 

Depois de mostrar as condições e a qualidade do seu produto ou serviço através das imagens, é hora de detalhar os seus benefícios, diferenciais, informações importantes e complementares para quem está ali preparado para clicar em “Fale com o vendedor”. Então descreva de forma clara e coerente o produto anunciado e convença o comprador em potencial que o que você oferece poderá satisfazer suas necessidades.

 

SEU ANÚNCIO EM DESTAQUE

O MF Rural oferece ainda a possibilidade ao anunciante de ganhar maior destaque, incluindo seu anúncio entre os primeiros, que aparecem logo que o usuário e possível comprador entre no site. Esses destaques estão a disposição de qualquer anunciante e os valores variam conforme a localização e espaço.

Para maiores informações basta acessar a página abaixo ou entrar em contato com seu gerente:
www.mfrural.com.br/destaques.aspx

 

PRONTO PARA ALCANÇAR UM MAIOR NÚMERO DE PESSOAS?

Essas dicas podem aumentar de 20 a 28% a visualização do seu anúncio. Então aproveite esse alcance, ative seu plano, caso ainda não tenha feito e comece a fazer ótimos negócios!

Para mais informações, sobre anúncios e planos, entre em contato com a gente!

Equipe MF Rural
www.mfrural.com.br
(14) 3401-4400

O que esperar do agronegócio em 2018? Perspectivas e tendências do setor

Em 2018, o agronegócio poderá ser influenciado pela produção de soja para o biocombustível

Todo começo de ano chega trazendo expectativas para os mais diversos segmentos. Com o agronegócio, não é diferente: quais serão os fatores que devem afetar a vida dos produtores rurais em 2018? A agenda brasileira será ainda mais cheia em um ano que contará com eleições presidenciais, Copa do Mundo e o setor político ainda mais movimentado.

Com as tentativas de aprovação da Reforma da Previdência, o mercado rural deverá notar uma cautela ainda maior por parte dos investidores, principalmente com a renovação política e as surpresas que os candidatos poderão apresentar durante as eleições. No setor econômico, o crescimento do agronegócio tem movimentado o mercado e atraído investidores, com perspectivas positivas para 2018.

Assim como a brasileira, a economia mundial segue com boas expectativas. A troca de presidentes do Federal Reserve (FED), banco central americano, terá Jerome Powell em destaque no lugar de Janet Yellen, cujo mandato termina em fevereiro de 2018. A chegada de Powell promete beneficiar o agronegócio, já que ele é visto como um centrista que deverá manter os estímulos para agitar a economia dos Estados Unidos, com mais abertura à agenda de desregulação de Donald Trump.

agronegocio

Soja, grãos e infraestrutura: perspectivas agro para 2018

As oscilações no valor total bruto das produções de grãos deverão se manter entre R$ 530 e 550 bilhões. Depois de uma recuperação em 8%, após uma queda de 25% em 2017, as cotações das commodities agrícolas deverão permanecer estáveis mesmo com a altas produções nos Estados Unidos. O Brasil e a Argentina devem seguir em alta em 2018.

Já a soja será afetada pela aprovação do Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) do aumento das misturas de biodiesel ao diesel de petróleo em 10%. A medida, que entrará em vigor a partir de março de 2018, traz a expectativa de um aumento de produção de biodiesel que irá saltar dos atuais 4,2 bilhões de litros para 5,3 bilhões. Por conta disso, a soja destinada para a produção de biocombustível deverá aumentar no Brasil.

Consequentemente, o esmagamento da soja também irá crescer. O aumento deverá contribuir para um balanço de oferta e demanda acelerada do grão, que será sentido nos preços da soja. Se o destino da soja segue previsto, o mesmo não pode ser dito da infraestrutura do agronegócio: em ano eleitoral, fica difícil saber o que irá se concretizar e o que não passará da promessa. A economia brasileira comandada por Henrique Meirelles afasta o investimento público e pode favorecer as atividades rentistas no lugar das produtivas.

As inovações tecnológicas para o mercado agrícola em 2018 deverão ajudar na redução das aplicações de agroquímicos, diminuindo a dependência de energia derivada de combustíveis fósseis. No cenário mundial, a utilização de resíduos orgânicos, ambientalmente adequados e de baixo custo deverão seguir em alta neste ano.

Outro ponto que merece a atenção redobrada dos produtores rurais em 2018 serão as condições climáticas, já que a incerteza com a formação ou não de mais um La Niña e seus possíveis efeitos deverá movimentar o mercado. Essa incerteza irá agitar o setor agrícola até a consolidação das primeiras safras do ano, e o mesmo deverá ocorrer com a Argentina.

Venda de máquinas agrícolas em 2018: expectativas altas

Após fechar 2017 com uma comercialização no mercado interno que atingiu 44,3 mil unidades, as vendas de máquinas agrícolas seguem com boas perspectivas no ano que acabou de começar. As exportações também fecharam 2017 em alta: foram US$ 3,017 bilhões, com um avanço de 69,7% em comparação com 2016.

Segundo a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), a produção de máquinas agrícolas e rodoviárias chegou a 54,9 mil unidades no ano passado, com um aumento de 1,8% ante o desempenho anterior. As exportações de máquinas agrícolas também cresceram, totalizando 14 mil unidades, com alta de 46,9%.

Só em dezembro, 1,3 mil máquinas foram exportadas, com uma expansão de 39,1% em relação ao mesmo mês do penúltimo ano. A expectativa para os próximos meses, de acordo com a Anfavea, é que o setor cresça 10% na produção de máquinas, com alta de 43,7% nas vendas internas e crescimento de 34,5% nas exportações. Vem coisa boa em 2018!