Em 2020 a tendência é que a suinocultura continue em alta

Em 2020 a tendência é que a suinocultura continue em alta

 

Início de ano é sempre a mesma coisa. Sondamos resultados dos anos anteriores para entender quais serão as tendências para o ano recorrente. E, obviamente, isto também acontece no setor rural e agropecuário.

 

Para 2020, a tendência é que a suinocultura continue em alta. De acordo com Lousivanio Luiz de Lorenzi, presidente da Associação Catarinense de Criadores de Suínos, este ano será excelente para exportar e manter lucros nas granjas.

 

 

Reflexo de resultados provindos da China

 

Entretanto, de acordo com diversas empresas especializadas no assunto, bem como o presidente da Associação, ainda que seja um momento propício para a criação de suínos, é necessário que o produtor mantenha seus pés no chão.

 

Se isso não acontecer, é capaz que os produtores possam se perder na produtividade, do mesmo modo que ocorreu em 2012, quando o Brasil exportava tais produtos para a Russia.

 

No caso de 2020, estamos falando de exportações para a China e precisamos estar atentos, uma vez que o país pretende recuperar 80% de sua produção até o fim deste ano.

 

Toda essa luta por uma melhora acontece depois do episódio trágico em que o país oriental perdeu 40% de seu plantel para a peste suína ocorrida no continente africano, de acordo com o Ministério da Agricultura e Assuntos Rurais da China.

 

Sendo assim, quando o gigante asiático voltar a ter melhores resultados, dificilmente será possível realocar estes excessos nos mercados brasileiros.

 

 

Nasce uma esperança: a vacinação. Porém…

 

As autoridades asiáticas falam que, mesmo com alguns sinais precoces de recuperação da produção, o quadro geral foi de pouco progresso no desenvolvimento de uma vacina que possa ser eficaz no combate do vírus que afetou o setor suíno.

 

Mulher trabalhando no desenvolvimento de vacinas
Há enorme corrida no desenvolvimento da vacina que combata o vírus.

 

Os órgãos de pesquisa trabalham duramente e contra o tempo, na busca de resultados eficazes. No momento, eles estão realizando, ainda, análises de biossegurança para observar e tentar extrair resultados positivos.

 

vacinação em suínos
As vacinas precisam ser testadas quanto a biossegurança.

 

E no Brasil?

 

Como já dito anteriormente, toda essa situação ocorrente no cenário asiático possibilita que exista uma probabilidade de bons desempenhos em 2020 para o mercado suíno brasileiro, de modo a manter os resultados de 2019.

 

 

E em números? O que isso quer dizer?

 

Numericamente falando, podemos deduzir que será mantida a tendência de percentuais já obtidos. Segundo pesquisas do Valor Bruto de Produção do Ministério da Agricultura Brasileiro, haverá uma evolução de 11% com relação a 2020, o que significa um teto de 18 bilhões de reais.

 

Este cálculo diz respeito ao volume produzido em relação aos preços obtidos pelos agricultores e, obviamente, resultando de um embalo ocasionado pela demanda do mercado externo.

 

Carcaças suínas penduradas em frigorífico
Carcaças suínas destinadas à exportação.

 

Além disso, tamanha situação de demandas, também alavanca outros segmentos agropecuários, como é o caso da bovinocultura.

 

Favorecida pela alta procura de carnes de países estrangeiros, o valor de produção soma em média 86 bilhões de reais. Em relação a 2018 é de, em média, 3%. Taxa a qual deve se repetir em 2020.

 

 

Assuntos relacionados

 

É de interesse público o conhecimento de todos estes dados mencionados na matéria. Por isso, além de entender mais sobre o segmento suíno, preparamos outros artigos para ampliar seu conhecimentos acerca das tendências agropecuárias para 2020. Leia no nosso blog.

 

A MF Rural é uma empresa de tecnologia no mercado do agronegócio, uma espécie de marketplace com consultas sobre este setor. No nosso site, é possível encontrar quem vende e quem compra produtos e serviços agropecuários. E, justamente por isso, podemos ser essenciais para você que se interessa pelo assunto.

 

Veja mais: Alimentação de suínos: saiba como economizar sem perder a qualidade

 

Post Relacionado