4 pontos a considerar na compra de alevinos

4 pontos a considerar na compra de alevinos

O alevino ou alevim, é o nome dado aos peixes recém saídos dos ovos. A aquisição de alevinos é parte essencial da Piscicultura, prática da Zootecnia que estuda e analisa a vida aquática, sua reprodução e desenvolvimento para o consumo do homem. Além de ser muito importante para a prática de Aquariofilia, criação de peixes em recipientes de vidro, como aquários e tanques para estudos ou ornamentação.

Como qualquer produto vivo, o alevino deve ser minuciosamente observado na sua fase de compra, pois pode apresentar questões indesejáveis para o interessado. Verifique quais são os principais pontos a serem considerados na compra de alevinos:

1 – Alimentação dos alevinos

A alimentação deve ser feita com ração própria, cerca de três vezes ao dia. Idealmente, a ração dada com maior frequência é capaz de mantê-los bem nutridos e em crescimento.

Além disso, certifique-se se a espécie é carnívora. Neste caso, o produtor deve ter maior cuidado, pois este tipo de peixe costuma se alimentar de outros peixes quando não há o ritmo equilibrado de oferta de ração.

2 – Condições gerais dos alevinos

Antes de adquirir os animais, busque identificar:

• Situação sanitária: se os alevinos estão se movimentando normalmente;

• Se os animais estão ágeis e reagindo, estando visivelmente saudáveis;

• Observe eventuais feridas ou descamação, e evite animais machucados;

• Caso necessário, certifique-se de que os alevinos se ambientarão ao tipo de clima e sistema que pretende utilizar.

Essas medidas são necessárias para que a aquisição seja feita a fim de minimizar os gastos extras na criação e manutenção da cultura.

3 – Transporte dos alevinos

O procedimento final após a compra é o transporte dos alevinos até a área de produção e cultura. É fundamental que o produtor se atente aos cuidados de transporte dos animais, pois o risco de prejuízo é altíssimo.

Os alevinos dispendem de um bom investimento, por isso recomenda-se o transporte especializado de carga viva e frágil, medida para se evitar uma alta taxa de mortalidade e perda de alevinos.

4 – Principais observações e detalhes

Ao levar todos esses pontos em consideração, o produtor assegura a integridade da sua compra de alevinos. Entretanto, existem dois detalhes importantíssimos que não devem ser negligenciados pelo interessado, sendo eles:

• Ordem ambiental: ainda mais necessário do que observar a qualidade dos animais, é atentar-se às espécies proibidas. Seja para compra ou criação, o produtor deve estar atualizado sobre este assunto;

• Legislação: cada estado do Brasil possui suas próprias regras sobre o que pode ou não pode ser feito ambientalmente. Por isso, o produtor não pode deixar de verificar a legislação local na hora de adquirir ou criar as espécies.

Conclusão

Apesar de todos os detalhes, os alevinos são animais de baixa complexidade e podem ser comercializados de forma simples pelo produtor. Os principais desafios da atividade podem ser solucionados com a utilização de bons produtos, seguindo todas as dicas descritas no artigo.

Veja também: Aquicultura avança e promete lucros ao produtor