Manutenção de tratores: como fazer e por que é tão importante?

Manutenção de tratores: como fazer e por que é tão importante?

 

Instrumento de trabalho essencial em qualquer tipo de lavoura e em todos os tipos de cultura, o trator, como qualquer equipamento, precisa de uma atenção especial para continuar cumprindo as suas funções com eficiência.

 

Conheça, a seguir, um pouco mais sobre a importância de fazer a manutenção de seu trator, e como você pode fazer isso com sucesso.

 

Para melhorar a sua produção com um trator de qualidade, você pode comprar, negociar e vender equipamentos, bem como avaliar o preço de seu trator com um resultado que sai em segundos, no maior marketplace do Agro, conheça site da MF Rural.

 

 

Tipos de manutenção

 

O principal objetivo de realizar a manutenção constante de seu trator é garantir o seu perfeito funcionamento e, consequentemente, aumentar a qualidade da produção e evitar que sejam feitos novos investimentos em máquinas.

 

Mecânico realiza a manutenção de trator
A manutenção correta e constante de seu trator resulta numa produção mais eficiente

 

A manutenção costuma ser dividida entre preventiva e corretiva, porém, é possível encontrar uma terceira opção, a preditiva.

 

1. Preventiva: consiste em verificar os veículos antes mesmo que eles apresentem alguma falha. O impacto desse tipo de manutenção é no orçamento. Um possível problema detectado antes de se tornar consistente pode representar uma grande economia na hora de realizar o conserto;

 

2. Corretiva: trata-se de realizar o conserto dos problemas quando aparecem. A grande dificuldade desse tipo de manutenção é que ela reduz a vida útil do equipamento, já que a demora em resolver o problema pode agravá-lo e, ainda, pode fazer com que o trabalho do produtor seja interrompido repentinamente, prejudicando a produtividade;

 

3. Preditiva: baseia-se no histórico de determinadas marcas de tratores, levando em conta o seu desempenho e as informações do fabricante. A partir dos dados levantados, o produtor pode focar-se na manutenção dos componentes daquela marca que apresentem, historicamente, alguma falha.

 

 

Troca e armazenamento de peças

 

Muitas vezes, mesmo com todos os cuidados de manutenção, é necessário fazer a troca de alguma peças para que o trator volte a funcionar com toda a sua capacidade. Quando isso for necessário, é preciso escolher os componentes adequados.

 

Mecânico trocando peça em trator
Escolha peças adequadas e de marcas conhecidas quando for necessário realizar a troca

 

Além de evitar a reutilização de peças que já tenham apresentado falhas previamente, é preciso levar em conta a potência e as especificidades de cada marca. Também é importante escolher marcas em que prevaleçam a qualidade e a tecnologia, já que estas costumam oferecer vantagens, como garantia e durabilidade.

 

Ainda, para assegurar a agilidade na troca de peças, é fundamental armazenar alguns componentes básicos como correias, filtros e fusíveis. Porém, esse estoque deve ser feito da forma correta, com os itens sendo organizados e mantidos em ambientes ventilados e sem umidade.

 

 

O que verificar?

 

Alguns componentes do trator precisam de maior atenção na hora de realizar a manutenção.

 

– O filtro de ar tem o objetivo de putrificar o ar dentro do motor do trator. Se não for realizada a higienização desse filtro, o acúmulo de impurezas pode levar a falha completa do motor;

 

– Checar constantemente o nível de óleo lubrificante no cárter do motor impede que ele pare de funcionar;

 

Tratorista colocando óleo no trator
Não se esqueça de sempre checar o nível de óleo de seu trator

 

– O radiador é responsável por controlar a temperatura do motor, evitando o superaquecimento. Verificar o seu nível de água e realizar a limpeza da tela do radiador é fundamental para garantir o seu funcionamento;

 

– É essencial realizar a drenagem do filtro e do pré-filtro de combustível, evitando o acúmulo de sujeira, que pode resultar no aquecimento do sistema. O reabastecimento diário também é necessário para evitar a condensação de vapor no tanque, o que costuma acontecer no período noturno;

 

– Os sistemas de direção e transmissão (principalmente as caixas do diferencial e de marcha) costumam apresentar vazamentos. É importante limpar a sujeira causada pelos vazamentos e bloquear os pontos em que eles estão ocorrendo, além de completar o nível do óleo desses itens;

 

– Os pneus são responsáveis pela qualidade do serviço e pela segurança de quem conduz. É indispensável realizar a calibragem constante e a sua troca quando as garras de tração atingirem a altura mínima.

 

 

A manutenção de cada marca

 

Cada marca de trator possui instruções específicas para a manutenção de seus equipamentos. Algumas delas já indicam o número de horas para a próxima manutenção no painel de instrumentos.

 

A capacidade de tração do trator é distinta em diferentes máquinas, portanto, ao verificar se o funcionamento está correto, é importante levar em conta o modelo da máquina (por exemplo, a distribuição de peso deve estar situada entre 35% a 40% no eixo dianteiro de tratores 4×2 TDA).

 

Ainda, em tratores cabinados existe o condensador do ar condicionado, que deve ser higienizado, o que não é necessário em máquinas mais simples.

 

Para não cometer erros na hora de realizar a manutenção de cada modelo específico, é necessário obedecer aos períodos e recomendações estipuladas pelo fabricante.

 

 

Dicas simples para identificar alguns problemas

 

– Para conferir o nível de óleo lubrificante no cárter do motor é necessário posicionar o trator em um terreno plano, desligar o motor por dez minutos e inserir no cárter a vareta que indica os níveis mínimo e máximo.

 

– Para substituir filtros descartáveis, verifique se o indicador acusa alguma restrição e não retire a peça a não ser para a troca, pois você pode acabar danificando a vedação.

 

– A lastragem (aumento ou diminuição do peso do trator) influencia diretamente no seu desempenho. Uma maneira simples de descobrir se a lastragem está correta é observando os rastros deixados no solo, ou seja, calculando peso (kg) por potência (cv).

 

– Já o avanço cinemático do trator tem o intuito de corrigir a diferença de diâmetro entre as rodas dianteiras e traseiras. Uma maneira prática de calcular o avanço cinemático é medir, em um solo firme, cinco voltas completas das rodas dianteira e traseira, com a tração ligada e, após, com ela desligada.

 

– Na tração de implementos, a patinagem serve como um escape em caso de esforço excessivo. Para calcular a patinagem na sua propriedade, marque uma distância de 50 metros, e conte o número de voltas com o trator com e sem a carga de implementos.

 

 

Onde encontrar peças para manutenção

 

Leia mais a respeito de máquinas e equipamentos agrícolas, bem como de outros produtos relacionados ao agronegócio em nossa página.

 

Se for fazer a manutenção do seu trator e precisar de peças, aditivos e acessórios, acesse aqui.

 

Para encontrar tratores agrícolas usados à venda, acesse esta página. São milhares de tratores de todo Brasil anunciados com preço.

 

Anuncie seu trator, máquinas, implementos e peças para milhares de visitantes em nosso marketplace.