Rotação de culturas: conheça os benefícios

Rotação de culturas: conheça os benefícios

A rotação de culturas é uma importante técnica de manejo do solo e de plantio. Consiste, basicamente, conforme especialistas, em alternar diferentes espécies vegetais numa mesma área de plantio ou agrícola por, no mínimo, um ano.

É uma técnica que traz diversos benefícios, como, por exemplo, a preservação do solo e a inibição de agentes causais de doenças.

Gostaria de conhecer outros benefícios da rotação de culturas? Em caso de resposta positiva, continue a leitura. Aqui, apresentamos os principais.

Diversificação de culturas

O principal benefício é justamente o fato de que se trata de uma técnica que torna possível a produção diversificada de culturas.

Assim, diminui a dependência de mercado e possibilita escolher culturas com maior valor econômico resultando em aumento da lucratividade por área.

Com isso, você pode, numa mesma área, produzir milho, soja, sorgo, trigo, aveia entre outros que possuem um sistema de plantação similar.

A diversificação de culturas também possibilita a obtenção de maior produtividade. 

Benefícios para o melhoramento do solo na rotação de culturas

Os especialistas destacam que a rotação de culturas também promove o melhoramento do solo. Assim, faz com que desenvolva características físicas, químicas e biológicas capazes de torná-lo eficientemente rico para a produção agrícola.

Solo preparado para plantio com rotação de culturas
Com a rotação de culturas é possível melhorar as propriedades do solo para futuros plantios. Serão benefícios futuros.

Em outras palavras, é uma técnica que torna o solo capaz de fazer a maioria das culturas crescer sem qualquer impasse.

Redução da incidência de doenças

Mais um dos benefícios que podemos destacar em relação à rotação de culturas é que se trata de uma técnica que contribui para a diminuição da ocorrência de doenças, pragas e ervas daninhas.

São, de modo geral, agentes nocivos que aumentam o risco da planta ficar doente, prejudicando o seu crescimento.

Agentes, como pragas e ervas daninhas, são responsáveis por uma boa parte de doenças e prejuízos nas plantações.

Rotação de culturas protege o solo

Também podemos dizer que a rotação de culturas é uma técnica que possibilita a reposição da matéria orgânica do sol. Faz com que essa área conte novamente com propriedades que são capazes de colaborar positivamente para a produção agrícola.

Plantio de soja com palha da safra de milho.
A palha da cultura anterior ajuda a proteger o solo, trazendo inúmeros benefícios.

No sistema de rotação de culturas, deixar os restos ou palha da safra anterior ajuda a conservar o solo,  protegendo-o das adversidades do tempo, de tal forma que a produção agrícola se torne estável.

Como sabemos, para que uma produção agrícola obtenha sucesso, é preciso equilibrar as condições climáticas. Chuva demais pode afetar o desenvolvimento de uma plantação, assim como altas temperaturas.

O ideal é contar com agentes que possam colaborar para que a sua plantação cresça de maneira saudável.

A rotação de culturas é uma importante medida no manejo integrado de doenças, sobretudo no sistema de plantio direto.

Mas, segundo a Embrapa, grande parte dos produtores de grãos no Brasil não segue as indicações agronômicas. Dessa forma, ele deixa escapar importantes benefícios para aumentar a sua produção.

No vídeo abaixo, saiba como implementar essa prática em seu sistema de produção:

Fonte: Embrapa

Aumenta a produtividade da produção agrícola

Por fim, podemos dizer que a rotação de culturas é uma técnica que aumenta a produtividade de sua lavoura, fazendo com que ela se desenvolva e entregue mais de uma cultura.

Com isso, é possível elevar o seu rendimento em relação à sua plantação, obtendo, portanto, um bom retorno financeiro.

Germinação de mudas em área agrícola de rotação de culturas
Com a rotação de culturas é possível aumentar a produtividade das lavouras.

Como se pode perceber, a rotação de culturas é uma técnica não só viável, mas recomendável para quem busca obter uma maior produtividade no processo de produção agrícola.

Além disso, ajuda a preservar as propriedades naturais do solo. São benefícios visando uma agricultura moderna.

Para ler outros conteúdos como este, não deixe de acessar nosso blog. Nele estamos sempre publicando artigos e notícias quem pode facilitar mais seu dia a dia, bem como enriquecer seus conhecimentos.

Leia mais: Entenda a diferença entre calagem e gessagem

Post Relacionado