Como plantar ora-pro-nobis

Como plantar ora-pro-nobis

Originária do continente americano, a ora-pro-nóbis, de nome científico Pereskia aculeata miller, que em português significa “Rogai por nós” e popularmente chamada por agricultores de lobrobó ou orabrobó.

É uma planta muito utilizada na culinária mineira, principalmente devido a sua riqueza nutricional.

A ora-pro-nóbis integra à família das cactáceas. Na fase adulta, adquire forma de arbusto, transformando-se em uma ótima cerca viva, podendo ser usada como quebra-vento ou como impedimento contra a invasão de predadores, em função dos espinhos pontiagudos que ela possui nos ramos.

Galhos com espinhos de ora-pro-nóbis
A ora-pro-nóbis quando adulta possui galhos fortes e com espinhos, sendo plantada como cerca viva

As suas flores são pequenas, brancas com miolo em tom de laranja e muito perfumadas, brotando de janeiro a abril.

Nos meses de junho e julho, acontece a produção de frutos em bagas amarelas e redondas. A floração na ora-pro-nóbis é uma decoração, ideal para sítios, fazendas e chácaras.

Benefícios

Ela oferece minerais como:

– Magnésio;

– Manganês;

– Cálcio;

– Ferro.

Além disso, possui fibras e vitamina C, nutrientes fundamentais para aumentar a imunidade do organismo.

Também possui enorme quantidade de compostos fenólicos, que auxiliam na proteção das artérias e é ótima fonte de proteína em matéria seca, sendo a maior parte aminoácidos essenciais, como a leucina, arginina e o triptofano.

Poderes medicinais

Com relação à Medicina Natural, seus compostos químicos são recomendados para:

– Amenizar inflamações;

– Recuperar a pele em casos de queimadura;

– Estimular a cicatrização;

– Produzir colágeno.

Culinária

Através de suas folhas secas ou moídas, é possível fazer inúmeras receitas, principalmente refogados, omeletes, sopas e tortas.

Folhas de ora-pro-nóbis destacadas em um pote
As folhas da ora-pro-nóbis podem ser consumidas de diversas formas

Ainda pode ser consumida crua, em saladas, como acompanhamento, bem como em mistura de massas, farinhas e pães de qualquer tipo.

Manejo

O seu manejo é simples e se adapta perfeitamente a diversos climas e tipos de solo. Por ser produtiva e ter alto valor nutricional, a ora-pro-nóbis é uma ótima opção para quem está iniciando no cultivo de hortaliças.

Quer saber como plantá-la? Continue lendo este artigo.

Como plantar ora-pro-nóbis?

Para quem está iniciando o cultivo é indicado optar pela variedade que produz flores brancas, disponibilizadas por meio de órgãos de extensão rural, feiras de produtores ou mudas no site MF Rural.

Veja as etapas para iniciar o plantio abaixo:

  1. Plantio: comece o plantio quando iniciar a época de chuvas para estimular o crescimento dos ramos, já que as hortaliças têm mais dificuldade de se desenvolverem na seca;
  2. Apoio com estacas: faça o apoio com estacas, com 20 cm de comprimento, fincadas no solo, pois ela necessita de sustento por ser uma trepadeira, e a enterre com 1/3 de substrato composto por uma parte de terra de subsolo e outra com esterco curtido;
  3. Transplatio: depois de enraizada, leve as mudas para um local fixo;
  4. Definir espaço: o espaço varia conforme o objetivo do cultivo, uma vez que a ora-pro-nóbis pode ser utilizada para consumo, ornamentação e como cerca viva;
  5. Adubação: a planta não exige muita adubação, mas procure manter uma boa quantidade de matéria orgânica para que possa crescer plenamente;
  6. Manutenção e poda: realize a manutenção a cada dois meses e faça a poda dos ramos a cada 75/90 dias (ver vídeo abaixo), no período chuvoso e a cada 90/100 dias, no período de seca, momento em que a planta deve ser irrigada;
  7. Colheita: Após 120 dias do plantio já pode ser iniciada a colheita.

Como fazer a poda da ora-pro-nobis. Fonte: Horta do Ditian

A partir destas dicas você já saberá como plantar ora-pro-nobis e poderá usar essas informações para fazer o plantio em vasos, garrafas pet, caixas, ou onde tiver disponibilidade.

Flor de ora-pro-nóbis rosa
A ora-pro-nóbis de cor rosa ou roxa, também pode ser plantada e consumida, porém deve ser cozida, pois possui muita saponina que é tóxica.

Gostou do artigo e quer saber mais? Acesse nosso site e saiba tudo sobre compra e venda de produtos rurais.

Veja também: Como plantar cebola em vaso