5 dicas de técnicas de manejo para produção de mel

5 dicas de técnicas de manejo para produção de mel

São diversos os fatores que podem influenciar no manejo para a produção do mel. Desde a rainha, o lugar, o clima e até mesmo o pasto apícola, tudo pode acabar influenciando na produção do apiário.

Portanto, se você deseja entender um pouco mais sobre como esses fatores funcionam dentro do manejo para a produção do mel, bem como conferir algumas técnicas que podem aprimorar essa produção, continue acompanhando esse post. Hoje nós falaremos especialmente sobre esse assunto. Boa leitura!

Clima ideal

Você sabia que, para que a produção de mel seja bem executada, os melhores climas são aqueles de estações bem definidas, tanto secas quanto úmidas? Isso mesmo. Isso porque, dessa forma, a concentração das floradas depois do período chuvoso aumenta.

Além disso, o ideal é que não haja nenhuma temperatura extrema. Nem muito quente nem muito frio. Ou seja, que o clima fique entre 20 a 30 graus.

Recomendações para o inverno

Como citado anteriormente, não é interessante para o manejo de produção de mel que as temperaturas atinjam níveis extremos tanto de frio quanto de calor. Dessa forma, no inverno o recomendado é que as melgueiras sejam retiradas e guardadas apenas das colmeias que possuam uma população bastante reduzida. Assim, os favos ficarão livres de traças – bastante comuns nessa época do ano.

Armazenar as melgueiras em locais bem arejados e com boa circulação de ar também é fundamental para que se mantenham intactas. Além de empilhar com folhas de jornal ou revista entre elas.

O apiário

Já no que diz respeito ao apiário, o recomendado é que a quantidade de colmeias seja determinada de acordo com a flora apícola existente na região. Em regiões do lavrado, por exemplo, os apiários costumam suportar em torno de 20 colmeias.

Apicultor manuseando colmeia em apiário
O manuseio das colmeias deve ser feito com muito cuidado.

Já nas matas, esse número pode chegar a ser de até 50 colmeias ou mais. Ou seja, assim que o apicultor notar que houve uma redução na produção de mel na colmeia, o número de colmeias no apiário pode subir.

Abandono de colmeias

Evitar o abandono de colmeias é uma forma de incentivar o manejo para a produção de mel. Portanto, para evitar que as abelhas acabem deixando suas colmeias, o mais indicado é não deixar que falte alimentação para elas. Principalmente abelhas do tipo africana, costumam deixar suas colmeias em virtude da falta de alimentação.

Cuidados com a mudança de rainha

As abelhas operárias costumam sofrer com mudança de comportamento quando têm sua rainha trocada por outra selecionada previamente. Dessa forma, as rainhas que são introduzidas devem ser advindas de criadores idôneas, para que sejam selecionadas, bem como resistentes a possíveis doenças. Já que as operárias filhas da rainha introduzida também herdarão os genes da mãe.

Além disso, não é recomendado que a colmeia seja manipulada de forma excessiva. Já que isso também pode acabar alterando o comportamento das abelhas operárias que ali estão.

Esperamos que nossas dicas sobre técnicas de manejo e produção do mel possam ter ajudado. Para conferir mais conteúdos como esse, continue acompanhando nosso blog.

Adquira mais conhecimento: Conheça um tipo de abelha nativa sem ferrão que produz mel de excelente qualidade