O que são imagens NDVI e como elas ajudam na lavoura?

O que são imagens NDVI e como elas ajudam na lavoura?

A tecnologia é uma das grandes aliadas no campo, permitindo que as lavouras tenham cada vez mais produtividade em espaços menores e melhorando a gestão das propriedades. Uma dessas tecnologias é a das imagens NDVI.

Imagine poder acompanhar as imagens das lavouras de cima, vendo todo o processo produtivo por imagens de satélite e identificando uma série de dados e informações sobre a produção. Então, é exatamente isso que acontece ao utilizar as imagens NDVI.

Ao longo deste post, vamos falar um pouco mais sobre essa tecnologia e como ela está ajudando milhares de produtores no mundo a melhorar a produtividade de suas propriedades. Confira até o final e boa leitura!

O que são imagens NDVI?

A sigla NDVI significa Normalized Difference Vegetation Index, isto é, Índice de Vegetação por Diferença Normalizada.

Trata-se de fotos estáticas obtidas por meio de sensores instalados em satélites que orbitam nosso planeta, passando várias vezes ao longo de um período de tempo por cima de determinadas áreas.

Os satélites podem realizar a fotografia de uma determinada área com várias amplitudes de frequência diferentes e, quando combinadas com um software especial, garantem o entendimento da atividade biológica da região, do grau de crescimento e do desenvolvimento de plantas e várias outras informações.

É uma ferramenta eficiente para acompanhar o desenvolvimento da lavoura e verificar a sanidade das plantas durante todo o ciclo produtivo.

Isso é possível pois as plantas absorvem e refletem a luz solar em frequências específicas. Em uma planta sadia, por exemplo, a clorofila absorve a luz do espectro visível de maneira quase integral e ao mesmo tempo reflete a luz do espectro do infravermelho próximo.

Já plantas acometidas por algum tipo de estresse, como seca, ou afetada por patógenos, passam a absorver mais luz no espectro infravermelho, diminuindo sua reflectância. Dessa forma, é possível aferir a sanidade da lavoura através das imagens NDVI.

Simulação de drone obtendo imagens NDVI da lavoura
Através das imagens obtidas geralmente por satélites, softwares especializados criam mapas onde fica fácil de visualizar a ocorrência de problemas na lavoura.

Veja também: Agricultura de precisão em pequenas propriedades.

Como obter imagens NDVI?

As imagens NDVI são compostas por uma série de fotos tiradas de uma mesma área, cada uma utilizando-se de um espectro de frequência diferenciado, para que, ao juntar todas as imagens, um cálculo especial seja realizado para a aquisição das informações.

O mais comum é a obtenção dessas imagens por meio de satélites, equipados com sensores que orbitam a Terra e tiram as fotografias conforme passam pelas áreas estudadas. Porém, hoje, já temos outras possibilidades.

Pode-se aplicar os mesmos sensores em aviões de pequeno porte, que sobrevoariam os locais e tirariam as fotografias, ou até mesmo utilizar VANTS, veículos aéreos não tripulados, também conhecido como drones.

É claro que fazer o investimento para a construção de uma infraestrutura de obtenção de imagens NDVI não é algo muito simples. Além disso, demanda altos valores. Contudo, já existem no mercado brasileiro algumas empresas que realizam esse serviço, com hardware e software especializados.

Essas empresas prestam um ótimo serviço, e o custo para fazer uso desse tipo de tecnologia é muito relativo, sendo necessário avaliar o tamanho da área, o número de safras no ano, a época do ano, a qualidade da captura das imagens e várias outras variáveis.

Ainda, existe a possibilidade de obter as imagens de forma gratuita, utilizando uma cadeia de satélites livres, o Landsat e o Sentinel. No entanto, por não se tratar de algo específico, e sim de imagens gerais, corre-se o risco de baixa resolução e também de ter a presença de nuvens que prejudicam a leitura correta dos dados.

Nesse caso, a demanda seria apenas pela contratação de um sistema de gestão que utilize essas imagens, o conjunto de espectro, para analisar e gerar todas as informações de controle necessárias.

Imagem de lavoura obtida por satélite
É possível utilizar imagens de satélites gratuitos, e apenas contratar uma empresa de sistema de gestão de fazendas, que traduzirá essas imagens em mapas visuais de fácil compreensão.

Leia também: Tecnologia em máquinas agrícolas: confira as aplicações.

Quais as vantagens do uso de imagens NDVI na agricultura?

O uso das imagens NDVI está ligado à possibilidade de prever determinados problemas que possam interferir na produtividade de uma lavoura, reduzindo assim as perdas e melhorando o resultado. Confira as principais vantagens da sua aplicação:

Visão ampla e detalhada da fazenda

As imagens por satélite podem ser focadas nas lavouras, mas elas também acabam mostrando toda a propriedade e permitem o controle de toda a área, partes de preservação, divisas e outras informações.

Análises da falha de plantio

Muitas vezes, um plantio pode acabar falhando, deixando trilhas sem plantas e prejudicando a produtividade da lavoura, e isso só será verificado muito tempo depois, quando já não há o que fazer. Com as imagens NDVI, essa situação pode ser verificada e corrigida nos primeiros dias da cultura.

Análise de fotossíntese

Conforme a planta se desenvolve, o nível de fotossíntese é alterado. Por meio das imagens NDVI, pode-se acompanhar todos os seus estágios de desenvolvimento.

Controle de irrigação

O excesso ou a falta de água podem causar sérios problemas de desenvolvimento nas plantas, e isso pode ser claramente visto por meio das imagens NDVI. Inclusive, um pivô de irrigação com o bico entupido será identificado, visto que as plantas de um determinado raio de aplicação vão mostrar um desenvolvimento menor em comparação ao resto da lavoura.

Produtor rural controlando o manejo da lavoura através de tablet
Através da utilização de imagens de satélite, o produtor rural consegue visualizar o que acontece em toda a área da lavoura de maneira facilitada.

Detecção de erosão

Por meio da análise de imagens NDVI, também é possível identificar problemas de erosão do solo ainda em seu início, o que permite um tratamento para evitar que a situação se torne ainda pior e prejudique o uso da área.

Estimativa de produtividade

Conforme o tempo passa e mais dados são reunidos, por meio da comparação de informações, é possível que as imagens NDVI também auxiliem na estimativa de produtividade de uma lavoura, considerando a média estatística de safras anteriores.

Localização de pragas

Por fim, o uso de tal tecnologia também ajuda na identificação de pragas e doenças em meio ao campo ainda no começo, o que só seria possível em grandes áreas quando a situação já estivesse em estágio avançado e o prejuízo fosse alto.

Conclusão

Como você pôde notar ao longo deste post, as imagens NDVI são grandes aliadas do produtor rural, melhorando a produtividade das lavouras e reduzindo as perdas e os prejuízos decorrentes de situações adversas.

E então, gostou deste artigo? Aproveite e acesse também o nosso post sobre telemetria. Boa leitura!

Post Relacionado