Produção de feno: como funciona e seus benefícios

Produção de feno: como funciona e seus benefícios

No mundo rural há diversas maneiras de se produzir e armazenar determinados tipos de alimentos.

 

O feno é uma dessas forragens que, com o passar do tempo, foi ganhando novas técnicas e novos modos de confecção e armazenamento, com o intuito de obter-se a melhor e mais nutritiva opção alimentar, principalmente para uso em períodos no qual o capim possui baixa ou quase nenhuma produtividade.

 

O processo pelo qual é produzido o feno possui a nomenclatura de fenação. Assim, se você deseja saber mais sobre esse processo e quais são suas vantagens, fique conosco e confira a seguir como funciona a produção de feno e quais são as suas vantagens. Acompanhe!

 

Entre em nossa página de notícias e tenha mais informações sobre assuntos agropecuários.

 

 

O que é fenação?

 

Fenação é a técnica pela qual é preservada uma espécie forrageira por um longo período de tempo sem, contudo, eliminar suas características nutritivas.

 

Feno pronto em fardos e a granel.
O feno é uma importante fonte de alimento para os animais quando há falta do capim.

 

Tal espécie é submetida a um criterioso processo de desidratação, sob a luz solar, até chegar a patamares de cerca de 10% a 20% de umidade, dependendo do critério adotado por quem realiza esse processo.

 

 

Como funciona a produção de feno?

 

Há pelo menos três etapas básicas no processo de fenação, podendo variar de acordo com o desejo de cada um. No entanto, no geral, a produção de feno passa pelo corte, secagem e enfardamento.

 

Confira a seguir cada um desses passos:

 

 

O corte

 

A etapa mais simples da produção. O corte de feno é geralmente realizado por um trator com uma espécie de ferramenta composta por um determinado número de facas acopladas em sua parte traseira.

 

 

A secagem

 

A secagem é feita sobre campos à luz do sol, com constante revolvimento do material para que haja uma uniformidade na desidratação da porção vegetal. O principal instrumento que auxilia o revolvimento é o ancinho, uma ferramenta com propriedades semelhantes ao rastelo e que permite a movimentação do feno sobre os campos a fim de homogeneizar sua secagem.

 

 

O enfardamento

 

Por fim, o enfardamento ocorre quando o material já está disposto em linhas sobre o campo, ou seja, está enleirado. A partir disso, uma máquina feita especialmente para esse trabalho é usada na compactação do material vegetal, que pode ser armazenado com maior agilidade e otimização de espaço.

 

 

Quais os benefícios do feno?

 

Além da versatilidade do feno, o que permite ser produzido por grandes ou por pequenos produtores rurais, ele também é facilmente transportado e manuseado. Seu armazenamento não exige nenhum processo complexo, além de ser de difícil degradação, o que faz com que também seja muito rentável para quem o comercializa.

 

 

Gado leiteiro se alimentando com feno
O feno tem uma aceitação muito grande entre os animais, como o gado leiteiro.

 

Outra vantagem do feno reside no fato de que não se faz necessário nenhum processo biológico em sua produção, como é o caso da silagem que depende de fermentação. Ademais, seu valor nutritivo também mantém por longos períodos, tendo, por conta disso, uma aceitação muito grande entre os animais que o consomem.

 

No vídeo abaixo, confira como pode ser feita a produção de feno a partir de forrageiras alternativas, conforme projeto desenvolvido pela Embrapa:

 

Fonte: Dia de Campo na TV

 

 

Gostou do artigo de hoje? Entre em nosso blog e fique por dentro de outros artigos que envolvem a produção agropecuária! De quebra, você ainda pode aproveitar as ofertas anunciadas por pessoas de todo Brasil!

 

Veja também: Quais as forragens utilizadas na produção de silagem e suas principais características?