Uso correto dos óleos lubrificantes aumenta vida útil dos tratores

Uso correto dos óleos lubrificantes aumenta vida útil dos tratores

A mecanização agrícola trouxe uma série de benefícios para o trabalho realizado pelo produtor rural nas fazendas.

 

Devido a sua versatilidade, o uso do trator e demais implementos facilitam o trabalho desde o período de plantio (preparo do solo e semeadura), nos tratos culturais da lavoura e também na colheita.

 

Mas, o agricultor deve ficar atento à manutenção das máquinas. Um detalhe que pode passar despercebido é o uso correto dos óleos lubrificantes.

 

Eles são importantes para aumentar a vida útil das peças tanto do motor como dos demais sistemas hidráulicos.

 

 

Fluídos hidráulicos

 

O óleo lubrificante usado nos tratores, também chamado de fluído hidráulico, é uma substância que produz uma película entre as peças em movimento, reduzindo os níveis de desgaste e ao mesmo tempo transmite potência.

 

Durante o funcionamento do sistema hidráulico, a bomba pressuriza o sistema, fazendo com que o óleo aumente de temperatura em função das perdas de carga que são convertidas em calor.

 

Ocorre, basicamente, devido ao atrito entre o fluído e as paredes da tubulação, bem como com o próprio fluído.

 

Peças de bomba hidráulica de motor desmontado
O óleo lubrificante diminui o desgaste das peças da boma hidráulica do motor

 

Características dos óleos lubrificantes

 

Para que um trator funcione bem, em relação ao óleo lubrificante, é preciso levar em conta fatores como viscosidade, resistência à solicitação térmica, resistência à oxidação, propriedade antiferrugem, demulsibilidade (habilidade de um óleo lubrificante em liberar a água), resistência à formação de espuma, baixa compressibilidade, baixa filtragem e baixa toxidade.

 

A característica mais importante do óleo é a viscosidade porque atua na eficiência do sistema. O uso incorreto pode afetar diretamente a bomba hidráulica, considerado o componente mais importante da sua máquina.

 

A viscosidade do óleo nada mais é do que a fluidez do composto em determinada temperatura. Por isso, para manter a vida útil dos óleos hidráulicos é importante que estes trabalhem com temperaturas em torno de 80ºC. Assim, é importante a propriedade de resistência à solicitação térmica.

 

Quando o trator precisa trabalhar por longos períodos de tempo sobre severas condições, é importante o uso de óleos lubrificantes com maior resistência à oxidação, normalmente bem refinado e tratado.

 

Trator trabalhando com implemento
Em trabalho intenso os tratores precisam de óleos lubrificantes com maior resistência à oxidação

 

A deterioração do óleo pode ocorrer devido ao calor proveniente da agitação e da turbulência, provocando a formação de óxidos, vernizes e lacas.

 

 

Perigo da água

 

A água é um dos principais contaminantes de óleos em veículos de motor a combustão, como é o caso do trator. Cerca de 80% das falhas em sistemas hidráulicos são causadas devido à contaminação por água e sedimentos.

 

Para separar a água no óleo, é necessário descobrir de onde vem a contaminação, para só então tomar medidas de manutenção.

 

Pode ocorrer, por exemplo, em virtude de vazamentos nos resfriadores do óleo e mais comum na condensação da umidade atmosférica, pode causar problemas ao sistema hidráulico.

 

Por isso, o óleo deve possuir boa capacidade de separar a água do óleo, de forma rápida e eficiente (demulsibilidade).

 

 

Principais fluídos

 

Os principais fluídos utilizados no sistema hidráulico de um trator são os óleos minerais, óleos solúveis, fluídos sintéticos e fluídos não inflamáveis.

 

Os óleos minerais representam mais de 90% dos fluídos hidráulicos usados. Para sua produção, são utilizados óleos básicos parafínicos, altamente refinados e com aditivos como antidesgaste, antiferruginoso, antiespumante, abaixadores de ponto de fluidez e antioxidantes.

 

Os óleos solúveis são utilizados para aplicações em sistemas leves, como proteção contra a ferrugem. Mas, apenas em temperaturas próximas a 50ºC, sistemas não críticos e equipamentos produzidos para operar com este tipo de fluído.

 

Os fluídos sintéticos são compostos químicos como ésteres, silicones e aromáticos de elevado peso molecular. Eles são mais caros, mas tem uma vida útil mais prolongada e um amplo alcance de temperatura.

 

Já os fluídos não inflamáveis são as emulsões de óleo em água ou os fluídos sintéticos à base de ésteres e polialfaelefina. Esse tipo de fluído dificilmente entra em combustão.

 

 

Como escolher o óleo lubrificante

 

Primeiramente é preciso conferir o manual do trator que vai indicar qual o tipo de óleo que deve ser utilizado e a sua viscosidade.

 

Mas, caso não tenha em mãos, é preciso verificar se o sistema hidráulico requer fluído resistente ao fogo. Se ele não for necessário é recomendado utilizar um óleo mineral.

 

O fluído ideal é aquele que serve para todos os tipos de sistemas hidráulicos, sob diferentes condições de trabalho.

 

Outra dica importante é conhecer o fabricante, ou seja, se é uma marca reconhecida, e que o fornecedor seja de sua confiança.

 

Embora a redução de custos seja importante em todo o processo da produção agrícola de uma fazenda, tome cuidado na hora de economizar ao escolher um óleo hidráulico.

 

Ao usar um óleo mais barato, as despesas operacionais do equipamento poderão aumentar e a vida útil diminuir. É preciso levar em conta que o óleo representa menos de 3% do custo operacional da maioria dos equipamentos industriais.

 

Trator arando a terra
Economizar no óleo pode custar caro e diminuir a vida útil dos tratores

 

 

Outras dicas

 

O óleo lubrificante de um trator deve ser guardado sempre em locais fechados, seguros, bem ventilados, sem oscilação térmica significativa, secos e sobre estrados ou pallets

 

O produto deve ser conservado dentro do recipiente original e identificado. Caso precise de volumes menores, utilize recipientes apropriados e livres de resíduos e outras impurezas, sempre fechado para evitar a contaminação por sujeira.

 

Muito cuidado para não misturar fluídos hidráulicos de fabricantes diferentes. Segundo os especialistas, isso pode ocasionar danos ao sistema hidráulico.

 

Respeite os intervalos de troca, além da limpeza ou troca dos filtros conforme recomendações dos fabricantes.

 

Filtro de óleo lubrificante no trator
Não esqueça de trocar o filtro de óleo segundo recomendações do fabricante

 

O operador de um trator deve tomar muito cuidado ao revisar o sistema hidráulico durante o trabalho. Isso porque normalmente estão em temperatura elevada o que pode causar acidentes com graves queimaduras.

 

Por último, ao reabastecer o sistema hidráulico, foque a limpeza do local e mantenha a máquina nivelada para não realizar uma leitura errada do nível.

 

Veja também: