Conheça as agroflorestas e suas vantagens

Conheça as agroflorestas e suas vantagens

As agroflorestas são uma alternativa para reduzir os impactos no meio ambiente, oferecendo muitas vantagens para o desenvolvimento rural sustentável.

Dessa forma, cada vez mais produtores rurais estão procurando otimizar o seu aproveitamento espacial, diversificar a produção, e atender uma demanda crescente da sociedade.

Mas, afinal, o que são agroflorestas e suas vantagens na implantação e quais os tipos existentes? É o que iremos mostrar nesse artigo.

Preocupação com o meio ambiente

Atualmente, as preocupações com o meio ambiente e com o aproveitamento do espaço crescem significativamente no Brasil e no mundo.

Estimativa da ONU aponta que população mundial atingirá 9,7 bilhões de pessoas em 2050, um aumento considerável em comparação com os 7,7 bilhões atuais.

Plantação agrícola  em sistema de aglofloresta
Com o aumento da população mundial, os espaços estão cada vez mais reduzidos, inclusive na agricultura.

Desse modo, as pessoas, instituições e corporações precisam reavaliar suas ações.

No caso da agricultura, hoje muitos produtores rurais estão buscando alternativas para reduzir os impactos no meio ambiente.

Além disso, procura otimizar o seu aproveitamento espacial, diversificar a produção, e atender uma demanda crescente da sociedade. Então, isso é possível graças a implantação do sistema agroflorestal.

Portanto, nessa conjuntura marcada por uma ampliação da preocupação com as questões ambientais e com a otimização produtiva, o sistema agroflorestal tem crescido aceleradamente no Brasil e em países de todo mundo.

 Leia também: Fazendas: saiba tudo sobre o assunto!

O que são as agroflorestas?

As agroflorestas são alternativas em que há uma combinação entre a floresta e as plantações agrícolas de variadas culturas.

Assim, o agricultor cultiva uma série de produtos em um ambiente compartilhado com arbustos e árvores.

Sistema de aglofloresta com plantios alternativos
Reflorestamento produtivo através da implementação de sistemas agroflorestais.

Nessa modalidade, a criação de animais também é articulada com a cultura de diversos gêneros agrícolas, bem como, com as diferentes espécies de plantas e árvores muitas vezes exóticas.

Essa combinação incrementa amplamente a produtividade e, consequentemente, a lucratividade.

Os diferentes tipos de agroflorestas

Aliás, existem algumas modalidades de sistemas agroflorestais, de forma que o produtor precisa avaliar uma série de detalhes para escolher a melhor alternativa.

Segundo o site da Associação O Eco, há três diferentes tipos de agroflorestas:

  • Os sistemas agrossilvipastoris: articulam a pecuária e a agricultura com a floresta;
  • sistemas silviagrícolas: associam a vegetação florestal com os cultivos agrícolas;
  • sistemas silvipastoris : árvores são combinadas com a criação de animais.
Agroflorestas e recuperação da terra
Sistema Agroflorestal pode ser desenvolvido de três maneiras.

Os sistemas agroflorestais como aliados da revitalização da terra

Um dos grandes benefícios dos sistemas agroflorestais é justamente a sua capacidade de contribuir com a recuperação de diferentes tipos de solo.

De acordo com o site culturamix, as agroflorestas são eficientes fontes de “adubo verde”, agente importante na otimização do solo.

Da mesma forma, as agroflorestas também protegem as culturas de pragas e ervas daninhas que podem ser altamente prejudiciais para os cultivos.

Confira como pode ser feita a implantação e o manejo de Sistemas Agroflorestais:

Fonte: Terra Sul.

Agloflorestas otimizam espaço e ampliam o lucro

Dessa forma, por meio dos sistemas agroflorestais é possível articular áreas florestais com a cultura de vários tipos de produtos e com a criação de diferentes espécies de animais.

Essa combinação interessante possibilita a redução do espaço utilizado pelo produtor a partir dessa relevante diversificação da produção e com efeito amplia a lucratividade.

Embrapa faz boas recomendações sobre os sistemas agroflorestais

Com efeito, os sistemas agroflorestais têm contado com o respaldo de importantes organizações e entidades.

A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA), por exemplo, afirma em seu site oficial que os Sistemas Agroflorestais otimizam o uso da terra, conciliando a preservação ambiental com a produção de alimentos, conservando o solo e diminuindo a pressão pelo uso da terra para a produção agrícola.

Portanto, podem ser utilizados para restaurar florestas e recuperar áreas degradadas.

Confira no vídeo abaixo um exemplo de sistema agroflorestal de sucesso na Reserva Extrativista Chico Mendes, em Epitaciolândia/AC. O projeto foi desenvolvido pela Embrapa Acre, em parceria com o agricultor familiar João Evangelista:

Fonte: Dia de Campo na TV.

Agora que você já conhece mais sobre a importância da agrofloresta e como ela agrega valor à sua atividade, veja também nossa matéria sobre valorização das terras no Brasil.