Como fazer uma horta em casa

Como fazer uma horta em casa

Em tempos de isolamento social, provocado pela pandemia da Covid-19,  as pessoas estão passando mais tempo em casa.

 

Mas, após quatro meses muita gente já fez de tudo, internet, TV, ler livros, cozinhar e brincar com os filhos ou animais.

 

Mas, que tal fazer uma horta e colher alimentos fresquinhos? É uma atividade relativamente simples e uma verdadeira terapia!

 

A horta feita em casa pode ser elaborada em pequenos espaços ou até mesmo em vasos, principalmente de você mora em um apartamento ou tem pouco ou nenhum espaço para quintal.

 

O importante é ter uma boa iluminação natural e preparar bem a terra. Vamos dar dicas também para quem gosta de árvores frutíferas. Sabia que você pode plantá-las em vasos?

 

 

Iniciando sua horta em casa

 

Antes de conhecer o nosso passo a passo, é preciso decidir se vai plantar sua horta através de semente ou comprar mudas já prontas e que será apenas transplantada para a área escolhida.

 

Se optar por sementes (podem ser achadas até mesmo em supermercados ou em lojas que vendem produtos agropecuários), existem aquelas que são plantadas em definitivo, ou seja, não precisam ser transferidas para uma outra área (como cenoura, salsa e abobrinha); e aquelas que precisam ser transplantadas (alface, cebola e tomate, por exemplo).

 

Família plantando sementes e mudas em canteiro de horta
Sementes ou mudas, e por que não fazer as duas juntas, como na horta acima

 

Outra dica importante é olhar as instruções que constam no saquinho de sementes ou mesmo quando for comprar uma “mudinha pronta“, se a hortaliça escolhida pode ser plantada o ano todo ou em períodos mais específicos.

 

É que o sucesso de fazer uma horta em casa está relacionado com o momento certo do plantio, ou seja, são as opções adequadas para o inverno, outono, verão e primavera.

 

Sejam ervas, hortaliças, vegetais, temperos, ervas, legumes, frutíferas ou ornamentais, cada planta é diferente das demais em relação ao tipo de solo e temperaturas que prefere para seu desenvolvimento.

 

 

Local da horta e preparo do solo

 

O canteiro da horta pode ser preparado em vasos, jardineiras (ideais para apartamentos ou casas com pouco espaço e podem até decorar o ambiente) e também caixotes ou caixas de isopor, que podem ser decoradas.

 

Aliás, o local escolhido também é importante. Sempre que possível, encontre um lugar na sua casa ou apartamento que as plantas possam receber luz solar 5 ou 6 horas por dia, além de estar protegido contra o vento.

 

Vaso na sacada com salsinha
Vaso com salsinha plantada posicionado em local onde bate sol

 

Em seguida, outro passo importante para o sucesso de sua horta é preparar o solo de forma correta. Isso deve ocorrer tanto no jardim como também nos vasos ou outro objeto que escolheu.

 

Deve ser fértil e “fofo”  para que a entrada de nutrientes coincida com o crescimento do sistema radicular e sua nutrição. Numa terra “dura” dificilmente a planta vai crescer de forma viçosa ou dar bons frutos.

 

Mão mexendo na terra
As características do solo serão essenciais para o crescimento da planta em sua horta

 

Use adubo orgânico antes do plantio das hortaliças. Ele pode ser feito até em casa. Dentro de um balde plástico, coloque restos de legumes misturados ou borra de café com terra, folhas secas e serragem.

 

Materiais de compostagem em lata de lixo
Em casa geralmente temos muito material que iriam para o lixo e que podem virar compostagem

 

Em poucas semanas estará pronta a sua compostagem que será muito importante para um solo mais rico em nutrientes.

 

Se não tiver tempo para preparar este substrato, basta procurar uma loja especializada e comprar o adubo pronto ou até mesmo a própria terra já “preparada” para o plantio.

 

 

Sementeira

 

Se for cultivar a sua horta em casa através de sementes, é preciso fazer uma “sementeira” que pode ser uma caixa de madeira, garrafa PET, uma caixa de leite ou de ovos, mas também tem bandejas e potes de fibra especiais para isso.

 

Coloque terra de preferência peneirada ou desmanchada com as mãos (sem torrões) no recipiente. Misture a terra com um adubo orgânico.

 

Mulher colocando terra em cartela de ovo
É importante colocar a terra sem torrões em sua sementeira

 

A área precisa ficar bem uniforme e compactada, mas sem aplicar muita força (pode usar um pedaço de madeira).

 

Faça pequenas fendas, usando um graveto ou mesmo um lápis. Nesses pequenos buraquinhos é que as sementes serão colocadas. A distância entre eles deve ter entre quatro a cinco centímetros.

 

Homem colocando sementes do saquinho nas mãos para plantar
Plantar as sementes na quantidade e maneira correta de acordo com a planta

 

A quantidade de sementes por buraco depende da variedade escolhida. Variedades como alface ou pimentão, utilize três sementes. Já salsa e cebolinha, em média oito sementes.

 

Depois de depositar a semente, cubra novamente com uma pequena quantidade de terra (um pouco daquele substrato que você fez para a área definida (uma área no jardim ou nos vasos).

 

Estando em casa, crime o hábito de regar a sementeira pela manhã e à tarde. Não esqueça de fazer um furo no fundo dos potes para que o excesso de água possa sair.

 

Mão borrifando água na sementeira
Regue a sementeira frequentemente com borrifador

 

Normalmente depois de uns 30 dias as mudas já estarão prontas para serem transplantadas para a futura horta.

 

Mudas jovens em cartela de ovo
Verifique o crescimento das plantas e fique atento ao momento ideal para transplantio

 

Só até esta etapa já é uma verdadeira terapia em casa. Você deu “vida” a um pequeno monte de sementes. Essa sensação é muito prazerosa!

 

Veja o vídeo abaixo do canal Cantinho de casa com mais dicas do plantio de alface em cartela de ovo:

 

 

 

Transplantio das mudas

 

Para fazer o transplantio das mudas para sua horta, deve-se observar alguns detalhes que indicam que é o momento ideal. Observe se as mudas possuem sistema radicular abundante (dando consistência ao torrão), se as plantas estão vigorosas e sem sintomas de doenças.

 

Observe se possui de 4 a 6 folhas definitivas e de 7cm a 10cm de altura. Isto tudo em aproximadamente 25 a 30 dias a partir da semeadura. Esse tempo varia conforme a espécie e as condições agroecológicas.

 

Elimine as mudas mais fracas ou com sintomas indesejados. Também não devem ser transplantadas mudas “passadas”, pois originarão plantas adultas tardias e com menor produtividade. Escolha apenas as mais viçosas.

 

 

Homem fazendo transplantio de mudas de alface
Transplante apenas as melhores mudas para sua horta

 

A hora ideal do dia para o transplante é antes do anoitecer, quando a temperatura se torna amena e não há incidência de luz solar intensa e direta.

 

 

Quantidade de água

 

A sua horta em casa terá sucesso se as regas forem feitas corretamente. O solo deve manter-se úmido, mas nunca encharcado, para que não ocorra a proliferação de fungos ou bactérias. Se faltar água, a planta não vai produzir. Se ela murchar, fique atento, pode estar faltando umidade.

 

Borrifando água sobre salsinha plantada em vaso
Água ideal é sempre uma questão de bom senso, nem muita nem pouca

 

O ideal é molhar uma ou duas vezes ao dia com um borrifador, principalmente no começo e final do dia, quando o sol é mais fraco, evitando a queima das folhas.

 

Uma boa quantidade de água ajuda no desenvolvimento das raízes da planta que exploram o substrato, obtendo maior quantidade de nutrientes.

 

Hortaliças de folhas, como as alfaces, precisam de mais água, assim como tomateiros, principalmente na época de crescimento vegetativo. Plantas aromáticas, como o alecrim, nem tanto.

 

 

Tratos culturais

 

Mesmo no cultivo em casa, as hortas ou árvores frutíferas não estão imunes ao ataque de pragas, como pulgões, lagartas e lesmas. O melhor mesmo é a prevenção.

 

Folhas de couve com buracos feito por lagartas
Deve-se prevenir que a infestação ocorra em sua horta

 

Numa horta orgânica (sem uso de agrotóxicos), o chá de hortelã, pulverizado sobre as plantas, acaba por protegê-la contra insetos, como formigas. No caso de combate a pulgões, pode usar “cravo defunto” fervido (vira um caldo).

 

Portanto, fique sempre atento. Uma simples “borboletinha” pousando sobre os pés de rúcula, por exemplo, podem estar depositando ovos que se transformam em lagartas, comendo tudo pela frente.

 

Várias lagartas em folha de couve comida
Se não tomar cuidado, em pouco tempo as lagartas devoram sua horta

 

 

O que plantar?

 

Se você tomou a decisão de se tornar um “horticultor caseiro”, é preciso escolher o que pretende plantar.

 

Veja algumas dicas:

 

 

Alface

 

  • Como plantar: pode ser plantada em sementes diretamente no local definitivo ou transplantada posteriormente
  • Quando plantar: estações de clima ameno (como primavera e outono), são as mais indicadas. Altas temperaturas podem impedir o desenvolvimento das sementes.
  • Colheita: pode cortar a planta pela base, deixando cerca de 2,5 cm de caule acima do solo para que as folhas possam voltar a brotar. Ocorre entre 55 e 130 dias após o plantio.

 

 

Salsinha

 

  • Como plantar: em recipientes com pelo menos 30 cm de profundidade, para favorecer o desenvolvimento das raízes.
  • Quando plantar: estações de clima ameno (como primavera e outono), são as mais indicadas. Altas temperaturas podem impedir o desenvolvimento das sementes.
  • Colheita: pode ser feita, em média, de dois a três meses após o plantio. As folhas devem ser colhidas inteiras.

 

 

Tomatinho cereja

 

  • Como plantar: em sementes e, se preferir transplantar, faça quando as plantas atingirem aproximadamente 10 cm de altura.
  • Quando plantar: a melhor época para o plantio do tomatinho cereja é no início da primavera.
  • Colheita: pode ser feita entre 60 e 70 dias após o plantio, quando os frutos estiverem maduros. Caso o peso dos frutos comece a envergar o caule, ate uma estaca para sustentar a planta.

 

 

 Cenoura

 

  • Como plantar: em solo profundo, leve e livre de pedras ou outros detritos. As sementes devem ser plantadas no local definitivo.
  • Quando plantar: ideal é em épocas de clima ameno. Evite plantar em dias muito frios ou com temperaturas muito elevadas (acima de 30º C).
  • Colheita: pode ser feita de dois a quatro meses após o plantio, conforme a espécie da cenoura. A irrigação deve ser frequente, sempre tomando cuidado para não encharcar o solo.

 

 

Árvores frutíferas

 

Mas, não são apenas hortaliças que podem ser cultivadas em casa. É possível também optar por árvores frutíferas cultivadas até em vasos.

 

Se engana quem pensa que precisa de um quintal enorme para poder ter em casa algumas dessas incríveis árvores frutíferas.

 

Basta cuidar com muito carinho, irrigá-las e não esquecer dos fertilizantes, sempre que preciso. Elas são fáceis de manter.

 

Uma dica importante é que essas plantas precisam de muitas horas diárias de luz solar direta. Além disso, os vasos precisam ter pelo menos  20 litros e com, no mínimo, 40 centímetros de diâmetro.

 

Quanto maior o vaso, as árvores frutíferas terão mais espaço para se desenvolver.

 

Vários vasos com frutíferas plantadas
Diversas frutas podem ser plantadas em vasos

 

Veja alguns exemplos:

 

Manga: embora sejam árvores enormes e resistentes, então chega a ser difícil de acreditar que consigam produzir plantadas em vasos.

 

Exemplos: Palmer (famosa pelos frutos grandes de polpa lisa e suculenta), Tommy (doce e com pouca fibra) e Espada (casca verde mesmo quando madura e polpa fibrosa).

 

Jabuticaba: a jabuticabeira híbrida (ao contrário da enxertada) tem porte pequeno e pode ser plantada em vasos, jardins, quintais e pomares.

 

Ela é adaptável e se desenvolve bem em regiões com diferentes climas, mas o ideal é comprar já produzindo porque podem levar até 10 anos para dar frutos.

 

Limão: é a mais rústica. No caso do plantio em vasos, é preciso escolher variedades produtivas, preferencialmente enxertadas e já produzindo, como o siciliano e o Tahiti.

 

 

Fotos para inspirar sua horta em casa

 

A criatividade é uma grande aliada e vai fazer com que sua horta fique com a sua cara. Há pessoas que preferem fazer em casa uma horta discreta e outras um verdadeiro canteiro com diversas variedades de hortaliças. Veja algumas fotos para se inspirar:

 

Mulher trabalhando em horta na sacada, vários vasos
Pra quem gosta bastante, pode fazer diversos canteiros na sacada de seu apartamento

 

Vaso branco com ervas em cozinha
Quem é mais discreto, pode ter um vaso com temperos em sua cozinha

 

Horta suspensa com 3 andares e várias culturas
A falta de espaço em casa pode ser resolvida com uma horta vertical suspensa

 

Diversos tamanhos de vasos com hortaliças
Vasos grandes e pequenos podem ser usadas em sua horta

 

Tomates e legumes plantados em vasos
Você pode produzir tomates e uma enorme variedade de legumes

 

Hortaliças com luz de LED
Pra quem não tem luz solar natural pode lançar mão da luz de LED que promove desenvolvimento da planta

 

Agora que você já sabe como fazer uma horta em casa, que tal começar a partir de hoje? No site MF Rural você pode encontrar tudo para sua horta, adubo, vasos, mudas, sementes, sementeiras, ferramentas e muito mais. Acesse aqui e digite na busca o que procura.

 

Portanto, mãos à obra. Não fique aí parado! Ter uma horta em casa é um hábito prazeroso, saudável e também econômico. Além de ser bem divertido com as crianças.