5 estratégicas para minimizar os danos causados pela crise

5 estratégicas para minimizar os danos causados pela crise

O mundo sofre uma crise sem precedentes com a pandemia do coronavírus e os riscos que ela está causando na saúde pública e na economia. Diante deste cenário, que tipos de estratégias podem ser utilizadas para minimizar os danos causados pela crise?

Ainda que haja uma mobilização do Governo para evitar desemprego e fechamento de empresas, o impacto no setor produtivo será grande. Veja neste artigo 5 estratégias para minimizar os efeitos causados pela crise e saiba como passar por esse momento de turbulência.

Cortar as despesas

A primeira medida para minimizar os danos da crise é cortar as despesas. Muitas vezes passam despercebidos gastos desnecessários, que em momentos de bonança não interfere no negócio. Contudo, em momentos de crise esses gastos tendem a ser prejudicial e devem ser observados com atenção.

Também é preciso reavaliar a equipe de trabalho e otimizá-la. Claro, o governo vem prometendo auxílio neste momento de crise para evitar desemprego. Porém, infelizmente não dá para permanecer com uma equipe completa sem ter demanda de trabalho para todos.

Ou seja, vai chegar um momento que você não conseguirá atingir o ponto de equilíbrio do seu negócio e passará a acumular prejuízos. Por isso, os custos e despesas precisam ser revisados e adequados a essa realidade de crise.

Tente não se endividar

Outra estratégia para passar pelo momento de crise é tentar não contrair dívidas e postergar o impacto da crise. Quando você faz um empréstimo para cobrir custos e despesas neste momento, a conta chegará com juros após o prazo de carência.

A situação é ainda mais preocupante quando a empresa não está conseguindo faturar o suficiente para cobrir as despesas básicas mensais. Ou seja, como ela vai pagar a dívida depois se não está faturando?

O dinheiro pode até aliviar suas contas, mas é importante ter um plano para que após a turbulência isso seja revertido.

Negocie prazos e descontos

Você também pode negociar os prazos e tentar alguns descontos para cobrir os custos e despesas da empresa ou fazenda neste momento. Veja abaixo:

  • Negociar prazos com fornecedores;
  • Negociar comissões com funcionários;
  • Reduzir despesas;
  • Negociar prazos com financiamentos bancários.
produtores dando as mãos com máquinas agrícolas ao fundo
Em tempos de crise, é importante que negocie bastante até encontrar as melhores condições e prazos

Neste momento, o importante é você focar em sobreviver à crise e traçar estratégias para voltar no mesmo ritmo quando está turbulência passar.

Aproveite a cotação do dólar

Para produtores rurais e empresas do agronegócio, é interessante acompanhar a volatilidade do dólar e aproveitar as oportunidades de lucrar mais. Em tempos de safra e crise mundial, o preço de commodities pode render muito mais do que em épocas anteriores.

Dolar enrolado enfiado no trigo
Aproveite a volatilidade do dólar na crise e acompanhe as cotações para lucrar mais

Claro, sempre existe o risco de diminuir a demanda por determinado serviço ou produto do agronegócio. Contudo, apostar no comércio exterior e explorar o dólar em alta pode render um faturamento maior do que o esperado.

Faça novas parcerias e invista em melhorias

Em épocas de crise tudo é negociável. Ou seja, é uma grande chance para fazer parcerias para fortalecer o seu negócio ou investir naquelas reformas que sempre quis fazer na sua propriedade.

Como a recomendação é evitar contato físico e ficar em casa, você pode explorar plataformas de Marketplace e conhecer os produtos e serviços que estão disponíveis nesta plataforma.

Se gostou deste conteúdo e quer saber mais sobre Marketplace para o agronegócio, conheça a MF Rural e saiba como fazer novas parcerias na internet em tempos de crise, encontrando mais opções de negócios.