Banco do Brasil lança financiamento para regularização ambiental

Banco do Brasil lança financiamento para regularização ambiental

Banco do Brasil lançou uma nova linha de crédito para o setor agrícola. O plano de investimento rural prevê agora um valor destinado à regularização ambiental da propriedade rural.

É que o código florestal limita a exploração da propriedade rural em favor da preservação do meio ambiente e impõe obrigações que devem ser respeitadas pelos proprietários rurais, como na recuperação de áreas degradadas.

A resolução nº 4.824/2020 atualiza o Manual de Crédito Rural, especialmente, a seção de créditos de investimento, dentro do capítulo de operações, autorizando a inclusão no plano de investimento rural o valor destinado à essa regularização.

A medida deve resolver um dos desafios do setor rural. É que o código florestal limita a exploração da propriedade rural em benefício da preservação do meio ambiente.

Entre as obrigações, preservar de 20% a 80% da propriedade (dependendo de sua localização) para manter as florestas nativas em pé, e a de preservar as áreas de preservação permanente, como cursos de água, topos de morros e montanhas.

O problema se torna maior quando o proprietário precisa recuperar essas áreas que foram degradadas, o que pode sair bem caro. A linha de crédito vai ajudar nessa regularização.

O proprietário de imóvel rural poderá incluir em seu plano de investimento uma quantia para implementar a regularização ambiental para realização de georreferenciamento, inscrição no cadastro ambiental rural (“CAR”) e até para aquisição de Cota de Reserva Ambiental, desde que comprove a viabilidade financeira de sua operação rural.

Com essa regularização ambiental, poderá aumentar em até 10% o limite de crédito para fins de custeio de plantio e colheita.

Veja também: Financiamento para compra de propriedade rural: saiba mais sobre o assunto