Devo fazer o georreferenciamento da propriedade rural?

Devo fazer o georreferenciamento da propriedade rural?

O georreferenciamento da propriedade rural trouxe uma mudança muito positiva para o campo, especialmente em relação à identificação dos imóveis. Por meio dessa solução, é possível usar mapas ou imagens para reconhecer as coordenadas geográficas de uma propriedade.

 

Felizmente, com a tecnologia, esse processo é bem simples. Ela permite reconhecer os limites de uma propriedade com mais precisão e sem tanto esforço. Mas, será que isso vale a pena? Continue lendo o post e descubra se você deve fazer o georreferenciamento da propriedade rural.

 

E se gostar do post, confira outros artigos do MF Magazine para ficar por dentro de todas as novidades desse mercado.

 

 

Por que você deve fazer o georreferenciamento?

 

Antes de mais nada, o Incra determinou que qualquer imóvel rural, público ou privado, deve ser georreferenciado. A ideia é que exista um padrão para determinar as características dos imóveis, e esse procedimento deve ser adotado por qualquer proprietário.

 

decreto 4499/2002 oficializou esse processo, estipulando um prazo para as propriedades serem georreferenciadas. Caso contrário, o proprietário pode ser impedido de atualizar a matrícula do imóvel no cartório.

 

Drone faz georreferenciamento de imóveis
É possível realizar o georreferenciamento de uma propriedade rural usando drones.

 

Existem vantagens em fazer o georreferenciamento da propriedade rural?

 

Contudo, não é apenas por conta da determinação do Incra que vale a pena fazer esse processo. Existem outras vantagens para o proprietário. Vamos ver algumas das principais:

 

 

Valorização do imóvel no mercado

 

Imagine que um comprador está interessado em um imóvel. Se o mesmo já for georreferenciado, é menos uma preocupação que ele precisa ter durante o processo. Caso contrário, precisa arcar com os custos e o trabalho para fazê-lo. Ou seja, o valor do imóvel é impactado positivamente.

 

 

Facilidade em obter financiamento

 

Da mesma forma que possíveis compradores gostam de ter mais segurança, o mesmo se aplica aos bancos. Em algum momento é possível que você precise fazer um empréstimo bancário. Algumas instituições adotam o georreferenciamento como condição para o mesmo.

 

 

A contratação do seguro rural

 

Seguindo o fluxo de controle de informações e segurança, a contratação de seguro rural também é facilitada por quem tem informações através do georreferenciamento da propriedade. Algumas seguradoras, inclusive, já trazem esse termo como uma das possíveis condições de aceitamento de propostas de seguro.

 

 

Menos dor de cabeça e mais informação para o proprietário

 

Por fim, do ponto de vista do proprietário, o georreferenciamento traz ótimas vantagens. Primeiro, existe mais segurança. Ao receber a certificação do imóvel que já passou por esse processo, existe a garantia de que o mesmo não está sobreposto a outra propriedade ou uma área reservada.

 

Foto aérea de uma propriedade rural
Com o georreferenciamento, o proprietário tem informações precisas sobre delimitação de sua fazenda

 

Além disso, a precisão do mapeamento da propriedade também beneficia o produtor. Por meio dela, é possível fazer uma rastreabilidade do campo de forma mais precisa, o que significa que o controle sobre a lavoura é melhor.

 

Como a produção agrícola atual é muito baseada em tecnologia e informação, quanto mais dela existir, melhor. Assim, é possível aplicar algumas técnicas e procedimentos mais modernos.

 

Você sabia que é possível fazer o Georreferenciamento de um imóvel rural usando drones? Confira no vídeo abaixo com funciona:

 

Fonte: Horus Aeronaves

 

 

Conclusão

 

Como ficou claro, fazer o georreferenciamento da propriedade rural é muito interessante. Não somente é uma questão de cumprir exigências, mas também traz vantagens para o produtor.

 

Sua propriedade ainda não tem o georreferenciamento? Acesse  o MF Rural e escolha uma das empresas cadastradas para realizar este importante procedimento.

 

Veja também relação com mais de 3 mil fazendas disponíveis para negócio.