Caminhão para frete: qual o ideal para cada carga?

Caminhão para frete: qual o ideal para cada carga?

Caminhão para frete, visando transporte de carga, no momento de escolher o melhor veículo nem sempre é tarefa simples. Apesar de essa ser uma área bastante promissora, alguns fundamentos básicos são indispensáveis à execução do trabalho seja feita de forma adequada e eficiente.

Afinal de contas, cargas diferentes possuem necessidades distintas e o tipo de carroceria do caminhão é um fator muito importante nesse sentido.

Transportar uma determinada carga em um tipo de caminhão que não esteja de acordo, coloca em risco não apenas o que está sendo transportado, mas inclusive, o motorista.

Pensando nisso, preparamos esse artigo visando orientar você que trabalha com frete sobre qual tipo de caminhão é ideal para cada carga.

Encontre caminhões à venda em nosso site, são mais de 700 veículos anunciados com preço e fotos, Acesse aqui!

Carga frigorífica

Esse é um tipo de carga exige cuidados muito especiais porque sua conservação depende muito da estrutura da carroceria do caminhão.

Nesses casos, normalmente são transportados alimentos ou outros produtos que precisam ser mantidos resfriados ou congelados, sendo assim, o caminhão precisa ter baú com vedação, equipamentos com resfriamento, além de revestimento térmico.

Quanto aos modelos de veículo, inclusive quando usado para frete, eles podem ser bem variados, como truck, VUC, carreta ou toco. Essa escolha dependerá do volume da carga, área de circulação e rota percorrida.

Caminhão para frete de carga viva

Da mesma forma que a frigorífica, a carga viva precisa ser transportada com muito zelo e segurança, sendo primordialmente necessário caminhões específicos ao frete.

Caminhão para frete transportando carga viva
Caminhão de frete usado no transporte de carga viva deve ser adaptado de uma forma que evite o sofrimento desnecessário ao animal durante o trajeto.

Uma das necessidades mais importantes é garantir ar suficiente para a respiração dos animais e por isso, deve-se utilizar carrocerias com ventilação interna.

Se o transporte for de animais pequenos como aves, a carroceria ideal é a gaiola. Já no caso de animais de grande porte, como os bovinos, recomenda-se a utilização da carroceria boiadeira.

Para esse tipo de frete, os modelos que frequentemente são utilizados são truck e carreta.

Frete de carga seca

Apesar de não ser muito sensível ou complexa, a carga seca não deve ser transportada de qualquer forma. Todavia, a vantagem aqui é que as mercadorias desse tipo não exigem refrigeração ou cuidados especiais de acomodação.

As cargas secas costumam já vir embaladas e, na maioria das vezes, organizadas em fardos ou pallets.

Aliás, os caminhões utilizados nesse tipo de frete devem ter carroceira baú com um tamanho que vai depender do volume da carga, rota percorrida e área de circulação.

Caminhão sendo carregado com carga em palets
Ao transportar carga seca, um caminhão para esse tipo de frete precisa ter carroceira tipo baú.

Para esse transporte há uma grande variação de veículos que costumam ser utilizados, sendo que alguns dos mais comuns são VUC, truck, toco e sider. Esse último é bastante prático por possuir lonas laterais que se abrem e facilitam a descarga com o uso de empilhadeiras.

Frete de carga volumosa indivisível

As cargas de dimensões grandes e que não podem ser divididas, costumam dar um certo trabalho aos transportadores ao realizar o frete , mas sabendo escolher o tipo de caminhão adequado, tudo fica mais fácil.

Caso não seja possível um fracionamento da carga, o caminhão ideal será o que possui carroceria prancha, que é totalmente aberta e alongada.

Como esse tipo de carga geralmente é muito pesada, é ideal em muitos casos utilizar cavalo mecânico trucado.

Carga a granel: qual o melhor caminhão para frete?

A carga a granel é constituída por mercadorias não embaladas nem encaixotadas.

As matérias-primas usadas na fabricação de determinados produtos fazem parte dessa categoria que se divide em granel sólido e granel líquido.

Como exemplos de granel sólido temos o trigo, o milho e a soja. Os caminhões de transporte de frete dessas mercadorias devem ser os de carroceira aberta. Nos modelos graneleiro ou grade alta, os veículos mais utilizados são o truck, a carreta de cavalo simples ou LS.

Já no caso de cargas a granel líquido, a carroceria é bastante específica, como por exemplo os tanques de aço. Para que o caminhão tenha uma boa dirigibilidade, é importante que o reservatório esteja todo preenchido.

Caminhão transportando carga liquida
O transporte de carga líquida a granel, quando não considerado perigoso, o caminhão de frete deve possuir características específicas, como um tanque de aço devidamente higienizado.

O truck e a carreta costumam ser os veículos mais utilizados. Alguns exemplos de caminhões que fazem esse tipo de transporte são o caminhão-pipa e o caminhão cisterna.

Carga frágil

As cargas que podem quebrar ou sofrer avarias com facilidade certamente demandam cuidados tanto na condução do caminhão, no carregamento como na descarga. Portanto, é um frete que exige muitos cuidados.

Quando for transportar mercadorias que podem ficar expostas à chuva, o ideal é utilizar veículos com carroceria aberta no sentido de que haja mais facilidade no carregamento e descarregamento.

Já os produtos que não podem sofrer essa exposição e que estejam acomodados em caixas, devem ser carregados em caminhão-baú.

Medicamentos

Por se tratar de uma mercadoria sensível, os medicamentos precisam de transporte em caminhão com baú fechado e em excelentes condições de conservação, e, dessa maneira, não haverá riscos de nenhum tipo de contaminação.

Para esse tipo de carga pode também ser necessário veículos refrigerados nas mesmas condições que a carga frigorífica porque a temperatura sempre deve ser constante e nos níveis ideais visando cada tipo de produto.

O tipo de caminhão pode variar bastante, podendo ser britem, VUC, toco, entre outros.

Caminhão para frete no transporte de mudanças

As cargas transportadas em mudanças são as mais variadas possíveis e por isso o motorista contratado para fazer o frete poderá se deparar com itens frágeis, leves, pesados e muito mais.

Por via das dúvidas, o ideal é usar um veículo que deixe tudo muito bem seguro como os caminhões que possuem baú.

O VUC e o toco são os veículos mais utilizados nesses casos por serem bastante eficientes no transporte de materiais com volume e peso.

Veículos automotivos

O transporte de veículos automotivos é feito por caminhões bastante característicos.

No caso de automóveis, devem ser utilizados os caminhões cegonhas e, no caso do transporte de motocicletas, a opção são os veículos com carrocerias baú ou sider.

Automóveis transportados em caminhão cegonha
No transporte de automóveis, os caminhões são conhecidos como cegonhas e levam pelo menos 10 veículos.

Veículos mais pesados precisam de um transporte feito por meio de carrocerias prancha, dessa forma os modelos mais comuns nessa tarefa são truck e carreta.

Como você acompanhou, existem diversos tipos de caminhões destinados a realização de frete que podem ser utilizados no transporte de carga.

Todavia, cada mercadoria exige um tipo de veículo específico e caso essa necessidade seja negligenciada as possibilidades de perder a carga e até colocar o motorista em risco são grandes.

O melhor mesmo é considerar as especificidades de cada carga e investir em veículos que vão garantir um transporte seguro e eficiente.

Antes de terminar nosso post, se você está ligado ao setor de transporte de carga, no vídeo abaixo confira 5 caminhões mais confortáveis que uma casa:

Fonte: TechZone.

No caso do setor agropecuário, você sabe qual o melhor tipo de caminhão para o transporte? Acesse nosso post e boa leitura!

Post Relacionado

Plano Collor rural: o que fazer?

Plano Collor rural: o que fazer?

Há um verdadeiro alvoroço sobre o ressarcimento com origem no plano Collor rural. Para os produtores que contrataram operações de…