Cuidados com o cordeiro antes e após o nascimento

Cuidados com o cordeiro antes e após o nascimento

 

Caso você queira obter sucesso na criação de ovinos, é preciso ter cautela com a criação do cordeiro, incluindo até o período anterior ao nascimento.

 

O tempo de gestação de uma ovelha dura aproximadamente 150 dias. É no último terço desse período que são formados 75% do peso final do cordeiro ou borrego. Desse modo, as últimas 6 semanas merecem cuidado especial, com alimentação bem suplementada, para garantir uma boa nutrição de ambos os animais.

 

 

Pós-parto

 

Depois da gestação, a alimentação da ovelha deve continuar sendo uma prioridade, afinal, é através do colostro que serão passados todos os nutrientes para o cordeiro, imediatamente após seu nascimento.

 

Para a amamentação, também é importante observar o clima do momento. Isso, porque o frio provoca pequenas rachaduras nas tetas das ovelhas, o que as faz ter dificuldades e se recusarem a amamentar.

 

Falando em recusa, vale ressaltar que nem sempre as ovelhas aceitam seus filhotes de primeira, mas, essa situação pode ser resolvida. É só colocar o cordeiro num curral e ajudar no aleitamento até que a mãe se habitue a fazê-lo.

 

 

Cordão umbilical

 

Depois do nascimento, o cordeiro deve passar por alguns procedimentos para garantir a sua saúde. O primeiro deles é o corte do cordão umbilical, que só deve ser feito quando a ovelha estiver mais calma e o cordão estiver mais seco e firme.

 

O corte deve ser realizado a 2 ou 3 centímetros o umbigo, com uma tesoura esterilizada. Em seguida, é necessário que seja desinfetado com tintura de iodo.

 

 

Pesagem dos recém-nascidos

 

O cordeiro também deve passar pela pesagem ao nascer. Ela mostrará as chances de falecimento do animal, ou seja, quanto menor, maiores as chances, e também permitirá seleção das melhores ovelhas, uma vez que aquelas que produzem mais leite irão desmamar os filhotes mais pesados.

 

 

Caudectomia

 

A caudectomia consiste no corte da cauda do cordeiro e é recomendado para quando tiver entre 3 e 10 dias, para que a cicatrização seja mais rápida.

 

Esse procedimento deve ser realizado em raças lanadas e apenas em cordeiros destinados à reprodução, não para abate. O principal objetivo é facilitar a higiene do animal, principalmente dos lanados.

 

 

Desmame

 

O período de desmame dos cordeiros deve acontecer quando tiverem 45 dias de idade. Quanto mais a região for propensa a chuvas, o desmame precisa ser feito o quanto antes, para diminuir os riscos de verminose.

 

 

Prevenção de doenças

 

Para prevenir doenças em filhotes ovinos, é preciso primeiramente tomar algumas medidas, como:

 

– Boa nutrição;

– Boa higiene do local;

– Rebaixamento do pasto;

– Fornecimento de mistura mineral e separação animais já doentes, para que não contaminem os restantes.

 

Vacinas e vermifugações também devem ser realizadas periodicamente, tanto nas ovelhas, em gestação e pós-parto, quanto nos cordeiros.

 

Portanto, é bom ficar de olho nas cartilhas para não perder nenhuma chance de prevenir doenças no seu rebanho.

 

Para saber mais sobre os nossos produtos e o mundo do agronegócio, acesse a agora nossa revista e o nosso site.