Enel Distribuição Goiás reforça trabalho em campo após dias seguidos de fortes chuvas no estado

Enel Distribuição Goiás reforça trabalho em campo após dias seguidos de fortes chuvas no estado

O cenário de chuva tem sido recorrente em várias partes do Estado e por isso, a Enel Distribuição Goiás está trabalhando com o aumento de equipes em campo e no Centro de Operação, na sede da companhia.

A companhia elaborou o Plano Verão para garantir maior agilidade e eficiência durante o período chuvoso que iniciou em outubro do ano passado, além de reforço de colaboradores, as áreas da companhia trabalham em conjunto para atender com maior rapidez na resposta às ocorrências registradas durante este período.

Entre as ações, está o monitoramento 24 horas, todos os dias, do clima em Goiás, para que o remanejamento de equipes seja feito de acordo com as necessidades a intensidade das chuvas e realizar um trabalho preventivo.

O diretor de Operação e Manutenção da Enel Distribuição Goiás, José Januário, explica que com esse trabalho prévio é possível identificar as regiões do Estado que serão mais impactadas pelas chuvas e reforçar as equipes em campo.

“Entendemos que não é possível mensurar os estragos que podem ser causados pelas chuvas, ventos e as descargas atmosféricas que atingem a nossa rede elétrica, mas fazendo esse monitoramento preventivo conseguimos identificar as cidades que devem ser mais impactadas e solicitar reforço de equipes para garantir que os reparos sejam feitos com maior agilidade”, destaca Januário.

Neste período chuvoso, a zona rural tem sido uma das prioridades da Enel em Goiás. Para otimizar o tempo de resposta das ocorrências, em redes tão extensas como a da área rural do Estado, desde o ano passado estão em operação 62 postos avançados de atendimento, a empresa mais que dobrou essas unidades, antes eram 29.

Januário reforça que com a reorganização dessas bases, foi possível encurtar distâncias e a Enel tem equipes e equipamentos distribuídos de melhor forma em todo o Estado, o que agiliza os reparos na rede elétrica.

“Nas bases de atendimento a empresa conta com equipes, veículos, ferramentas e todos os materiais necessários para a realização de atendimentos emergenciais e de rotina. Com essa ação já reduzimos em 35% o tempo médio das ocorrências na zona rural”, enfatiza.*

Em 2020, a Enel realizou pelo menos cinco vezes mais ações de manutenção preventiva na zona rural. Januário explica que a contratação de helicópteros para sobrevoar a rede elétrica e identificar previamente os defeitos e indicar os locais necessários para as podas, tem otimizado consideravelmente o trabalho das equipes em campo, uma vez que os técnicos já sabem os locais que precisam de reparo.

“Os helicópteros sobrevoam cerca de 70 quilômetros por dia, só em 2019 foram 30 mil quilômetros de rede inspecionada, são essas ações que esperamos que tragam cada vez mais resultados positivos para o cliente e para a empresa”, concluiu.

Post Relacionado

Plano Collor rural: o que fazer?

Plano Collor rural: o que fazer?

Há um verdadeiro alvoroço sobre o ressarcimento com origem no plano Collor rural. Para os produtores que contrataram operações de…