Saiba como implementar a energia solar na fazenda

Saiba como implementar a energia solar na fazenda

A discussão sobre como gerar energia de uma maneira mais sustentável, tanto para o meio ambiente quanto financeiramente, tem crescido vertiginosamente nos últimos anos, inclusive no meio rural.

O Brasil, com sua geografia privilegiada, é um dos melhores países para se investir em energia solar na fazenda e contribuir positivamente para o planeta. Não por acaso, se tornou um dos maiores do mundo na produção de energia limpa. Confira o nosso post e veja como implementar essa tecnologia na sua fazenda!

Como é o funcionamento da energia solar?

Entender o funcionamento da energia solar é o primeiro passo para fazer a escolha mais adequada para a sua fazenda. Ela se apresenta das seguintes formas:

  • Fotovoltaica, que é capaz de gerar eletricidade;
  • Energia solar térmica que aquece líquidos;
  • Heliotérmica, que é capaz de aquecer líquidos e mover turbinas com o vapor produzido.

Cada uma delas tem a sua implementação de maneira distinta. A fotovoltaica, por exemplo, utiliza um sistema híbrido fazendo uso de painéis solares que são capazes de captar a luz e gerar a energia elétrica.

Placas solares na fazenda
O aproveitamento da energia solar representa economia nas fazendas.

Já a energia térmica capta o calor do sol por meio de placas solares e, ao aquecer um líquido presente nas tubulações, ele transporta o calor para o acumulador solar e também eleva a temperatura da água que utilizamos nas torneiras ou chuveiros.

E por fim, a heliotérmica faz a captação do calor sol de maneira indireta, armazenando-o e convertendo-o em energia solar mecânica para finalmente se transformar em eletricidade.

Por que a energia solar na fazenda tem feito tanto sucesso?

O agronegócio é uma importante fatia da economia brasileira e não é à toa que medidas que possam diminuir o custo de manutenção das fazendas são buscadas pelos produtores rurais.

Por tal motivo é que a energia solar tem sido uma alternativa bastante procurada, uma vez que garante uma certa independência na geração de eletricidade.

Nos tópicos a seguir, listamos alguns dos benefícios gerados.

Economia

A agropecuária consome uma quantidade considerável de energia por causa dos maquinários, da necessidade de irrigação de solo, funcionamento de poços artesianos, entre outros motivos. Portanto, é inegável que uma solução capaz de causar uma economia nos custos fixos de até 95% seja interessante.

Financiamento

É bastante comum ouvirmos pessoas afirmarem que não investem na energia solar por causa do custo da implementação. No entanto, o que muitos ainda não sabem é que, por se tratar uma tecnologia bastante positiva, principalmente para o meio ambiente, o governo brasileiro tem incentivado bastante o seu uso, inclusive fornecendo linhas de financiamento com taxas bastante atrativas.

Se você levar em consideração que a economia representada pela energia solar na fazenda pode chegar até a 95% do total da conta de energia,  o investimento inicial é pago em cerca de 3 anos, além de aumentar a valorização da propriedade.

Confira também nosso artigo sobre as fontes de energia do Brasil. Boa leitura!

Créditos de energia

Como dissemos, o governo tem criado maneiras para incentivar o uso da energia solar e é nesse sentido que temos a Resolução Normativa 482/2012 da Agência Nacional de Energia Elétrica, garantindo o acúmulo de créditos em locais que a produção for maior que o consumo.

Esses créditos podem ser utilizados dentro de um período de 5 anos ou compartilhado com outras unidades consumidoras, desde que a fatura esteja no mesmo CPF ou CNPJ.

Manutenção

A implementação é realmente a parte que requer maior investimento. Mas, a manutenção, após a instalação, é bastante fácil, sendo que é possível encontrar garantias no mercado de até 25 anos.

Se você utilizar na sua fazenda os módulos fotovoltaicos, por exemplo, basta fazer uma limpeza periódica para garantir a boa performance durante todo o período.

No vídeo abaixo, veja o exemplo de uma fazenda que investiu na implementação da energia solar:

Fonte: TV Alterosa.

Como implementar a energia solar na sua fazenda?

Agora que você já entendeu um pouco mais sobre a energia solar na fazenda e quais são os seus benefícios, chegou o momento de entender como fazer para implementá-la, certo? Confira os tópicos a seguir com o passo a passo que preparamos.

Contrate um especialista

Não há apenas uma maneira de utilizar a energia solar. Portanto, é necessário contratar uma empresa especializada no assunto para que ela possa conhecer a sua propriedade, entender as necessidades e ver quais equipamentos serão instalados. Busque referências com conhecidos ou até mesmo na internet antes, bater o martelo.

Homens instalando energia solar em fazenda
Para instalação dos equipamentos, o correto é contratar uma empresa especializada que deve lhe dar todo suporte técnico.

A partir desse primeiro passo é que você terá acesso a orçamentos e poderá medir qual será o investimento inicial que deverá ser feito para garantir maior sustentabilidade na sua fazenda e melhorar os custos da sua produção.

Conheça as linhas de crédito

Como dissemos, várias linhas de crédito destinadas a implementação da energia solar estão surgindo. O Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) do Banco Nordeste é um deles e contempla os investimentos de longo prazo, capital de giro ou custeio.

Temos também o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), que é voltado ao fortalecimento e custeio de investimentos que beneficiem de alguma maneira os estabelecimentos rurais ou em áreas comunitárias rurais. Os juros aplicados estão em torno de 2,5% ao ano com o prazo de até 10 anos para pagamento.

E você pensa que acabou? Ainda não! O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) também conta com uma linha de financiamento para aquisição e comercialização de sistemas de geração de energias renováveis, conhecida por FINAME. As taxas de juros e condições de pagamento podem ser acessadas no site da instituição financeira.

Organização da documentação

Provavelmente a empresa contratada é que cuidará de toda a documentação perante os órgãos administrativos, mas é fundamental estar atento e sempre buscar acompanhar o trabalho desenvolvido. Essa é uma boa maneira de se organizar, entender tudo o que está sendo feito e não ter nenhum tipo de dor de cabeça por erros que podem ser facilmente evitados.

A utilização de energia solar na fazenda não traz melhorias apenas para o  agropecuarista, mas para o país como um todo, uma vez que diminui a sobrecarga da rede elétrica. Os seus benefícios são diversos e não é à toa que essa tem sido uma opção cada vez mais comum.

Veja também: Uso de irrigação artificial de luz pode aumentar produtividade no campo