O que é ferrugem do cafeeiro e como controlar? Entenda aqui!

O que é ferrugem do cafeeiro e como controlar? Entenda aqui!

 

Atualmente, o Brasil é responsável por exportar um terço da produção mundial de café, e nós, brasileiros, somos a segunda população que mais consome!

 

Mas para manter essa grande produção, é necessário atentar-se ao bom manejo dos cafezeiros, pois situações adversas podem influenciar na safra. Uma delas é a ferrugem do cafeeiro, doença originada do fungo Hemileia Vastatrix, que sobrevive somente no pé de café.

 

Gostaria de saber como controlar a ferrugem do cafeeiro em sua plantação? Continue a leitura, pois explicaremos neste post!

 

 

Quais as condições propícias e como acontece a proliferação?

 

As condições climáticas e também as da lavoura contribuem para que ocorra a proliferação dessa doença. Geralmente, ela se desenvolve entre os meses de novembro e dezembro e atinge o pico de infestação entre os meses de maio e junho.

 

Veja abaixo o que favorece a proliferação:

 

  • alta umidade;
  • temperaturas entre 20° e 24°C;
  • má adubação e manejo;
  • plantas com muitos galhos — ambiente com sombras e mais úmido;
  • transferência de carboidratos para os frutos — a planta fica exposta à doença.

 

A união das condições climáticas, susceptibilidade das plantas e a alta carga pendente são os fatores que influenciam na proliferação da ferrugem do cafeeiro.

 

 

Quais são os sintomas e como controlá-los?

 

É sinal de alerta quando começam a aparecer nas folhas manchas amareladas. Essas manchas são pequenas, mas são as partes que já foram necrosadas pelo fungo.

 

Agricultor segurando duas folhas de cafeeiro com ferrugem
Início das manchas amareladas indicando ferrugem do cafeeiro

 

Além disso, é possível observar nas folhas, um tipo de massa — de tons amarelados e alaranjados — que é formada pela união de esporos dos fungos, chamados de uredósporos.

 

O controle desta praga é feito por meio da utilização de fungicidas sistêmicos, tanto no solo quanto nas folhas. Esse controle também pode ser feito de forma preventiva, quando se faz uso de fungicidas protetores.

 

Para saber qual fungicida utilizar, o ideal é fazer o cálculo de amostragem: calcular a porcentagem de folhas contaminadas com a ferrugem, dividir pelo total de folhas coletadas e multiplicar por 100. Se o resultado for próximo a 5%, utiliza-se o fungicida protetor, caso os valores ultrapassem os 5%, é necessário utilizar o fungicida sistêmico.

 

Lembre-se que o fungicida necessita entre 4 e 6 horas para penetrar totalmente as plantas.

 

 

Quais são os prejuízos causados pela ferrugem do cafeeiro?

 

São inúmeros os prejuízos causados pela ferrugem do cafeeiro. Estima-se que esta doença pode atingir até 70% de um plantio, é bem preocupante!

 

Galho de café com pouco grão de café na roseta devido à ferrugem
Veja roseta com pouca produção de grãos de café devido à ferrugem, prejuízo pode chegar a 70%

 

Esses prejuízos aparecem tanto na safra, quanto na qualidade da bebida, que interfere o valor de venda do produto. Sem o controle preventivo da doença, a perda é muito grande.

 

As folhas são as que mais sofrem, pois começam a cair, as flores quase não aparecem e as que conseguem vingar sofrem quedas dos frutos. Caso isso ocorra com frequência, sua lavoura pode diminuir consideravelmente, por isso a importância do controle preventivo!

 

Para que alcance resultados positivos, é necessário fazer a prevenção e manejo adequados da agricultura, somente dessa forma é possível controlar a ferrugem do cafeeiro.

 

Veja mais: Importância da ureia na adubação de café

 

Post Relacionado