Tendências tecnológicas para o agronegócio

Tendências tecnológicas para o agronegócio

 

O agronegócio está em constante estado de evolução. O setor segue buscando na tecnologia novas soluções e técnicas para tornar o trabalho dos profissionais mais fácil e ainda mais eficiente. Para o produtor, é cada vez mais importante estar ciente das novidades e procurando informações para aplicar no seu negócio.

 

Portanto, fique sempre atento ao nosso blog para conferir o que existe de novo no setor e estar sempre atualizado. Neste artigo, vamos ver algumas das tendências tecnológicas para o agronegócio.

 

 

A coleta de dados

 

O agronegócio, assim como o mercado geral, está percebendo a importância e o poder que os dados têm. Portanto, a aplicação dos sensores tem sido uma das tendências tecnológicas mais fortes do setor.

 

Diversos tipos de sensores são instalados por produtores rurais distintos, de modo a obter informações sobre o solo, a plantação, as condições climáticas e até mesmo os animais. Os sensores ajudam a recolher e transmitir essas informações em tempo real.

 

Todos esses dados contribuem para uma tomada de decisões mais acertada e mais rápida. As informações, após serem processadas e analisadas, permitem que os produtores tenham mais insumos informativos para escolher o melhor caminho para a sua propriedade.

 

Além disso, os sensores podem detectar problemas de forma mais ágil. É possível, por exemplo, detectar a presença de pragas rapidamente, resolvendo o problema antes que ele saia do controle.

 

Homem segurando celular com dados recebidos de brinco da vaca ao fundo
Sensores instalados no brinco do gado enviam dados à softwares de gestão.

 

Contudo, a coleta de dados não se limita apenas aos sensores. O Big Data é uma forma de coletar os dados e aplicá-los de maneira inteligente. Já a internet das coisas é um processo, que já está em execução, e que indica que tudo será uma fonte de dados.

 

Praticamente qualquer aparelho estará conectado à internet, inclusive as máquinas que trabalham na plantação e até mesmo sensores colocados nos animais. Estes aparelhos irão retornar dados sobre o que eles estiverem controlando.

 

 

Software de gestão

 

O software de gestão já é uma marca do mercado mais amplo. Praticamente qualquer empresa usa algum tipo de software para gerenciar as suas atividades que, por conta do aumento da complexidade, tornou-se ainda mais necessário.

 

Essa necessidade está chegando ao agronegócio. Existem inúmeros exemplos da crescente complexidade do setor, fazendo com que seja necessário ter um controle mais rígido das informações.

 

Os sensores mencionados acima são um bom exemplo, visto que a quantidade de dados é enorme, e precisa ser controlada de maneira eficiente.

 

 

Drones

 

Os drones são uma tecnologia com muito potencial. No mercado geral, eles apresentam uma nova forma de fazer entregas, por exemplo.

 

No agronegócio, ele tem muitas aplicações interessantes. Eles podem “patrulhar” o campo, captando imagens aéreas, trazendo mais uma forma de fazer o controle da lavoura em tempo real.

 

Em algum tempo, também pode ser possível fazer a distribuição de sementes através de drones. Essa é uma tecnologia muito interessante, que também tem muito potencial com diferentes aplicabilidades.

 

Drone voando acima de uma lavoura
Os drones possuem diversas aplicações no setor agropecuário.

 

 

Marketplaces

 

O marketplace já é uma realidade do agronegócio. A ideia é criar um ambiente virtual no qual diferentes produtores, fornecedores e qualquer outro envolvido no processo de produção agrícola pode divulgar seu trabalho, além de comprar e vender de maneira mais simples e direta.

 

Os sites e aplicativos que oferecem essa opção têm diversas opções de como encontrar os produtos, de modo a facilitar e agilizar a negociação dentro deste mercado.

 

Na prática, esse sistema funciona da seguinte maneira: digamos que o produtor precisa de um produto ou serviço. Então, ele acessa o marketplace e procura pelo que precisa. Ele encontra o anúncio de alguém que providencia o insumo necessário e a plataforma age como um intermediário, permitindo que ambos possam dialogar mais facilmente.

 

Notebook aberto na página do MF Rural, lavoura ao fundo
Como maior marketplace do Brasil, o MF Rural atua em todos os setores do Agronegócio.

 

 

Biotecnologia

 

A biotecnologia não é necessariamente uma novidade, mas sim uma tendência tecnológica que é recorrente no agronegócio.

 

As ideias por trás dessa iniciativa são inúmeras. Desde encontrar sementes mais fortes para garantir a produtividade da safra e diminuir a exposição a pragas até encontrar melhores fertilizantes e rações para animais. É uma tecnologia que está em constante evolução e que os produtores devem sempre acompanhar.

 

Por exemplo, em relação às sementes, existem novas técnicas de pesquisas em engenharia genética, que prometem ser mais ágeis e eficazes no desenvolvimento de novos organismos.

 

A ideia é desenvolver sementes mais fortes tanto no controle de pragas como de doenças, trazendo organismos mais resistentes e aumentando a produtividade geral.

 

Cientista segurando planta desenvolvida em laboratório
A biotecnologia ajuda a produzir sementes e plantas cada vez mais fortes e resistentes

 

Quanto aos fertilizantes e defensivos, existem duas vertentes simultâneas. Uma envolve a criação de novos ingredientes, outra se dá através da inovação de ingredientes já existentes.

 

De qualquer forma, ambos buscam produtos com valor agregado ainda maior e com menor impacto ambiental.

 

 

Fazendas inteligentes e a inteligência artificial

 

Com tanta inovação, é apenas uma questão de tempo até que as próprias fazendas sejam inteligentes. Assim como a casa inteligente, as propriedades rurais serão totalmente controladas pelos produtores. Elas estarão conectadas e todas as tecnologias anteriores permitirão uma gestão completa da propriedade.

 

Será possível produzir mapas da propriedade, planejar a safra com uma meticulosidade ainda maior e até mesmo controlar o clima e as pragas.

 

Fazenda mapeada vista de cima
As chamadas fazendas inteligentes serão completamente conectadas.

 

É a inteligência artificial que permitirá que isso seja feito de maneira mais fácil. A IA irá interpretar algumas dessas informações e ajudar a trazer insights para que o produtor tome as melhores decisões. As máquinas e os robôs podem fazer o trabalho mais pesado, tornando-o cada vez mais eficiente.

 

Os equipamentos, é claro, são cada vez mais fortes e eficientes, diminuindo os custos da produção e aumentando a sua eficiência. A evolução dos equipamentos também é um aspecto que continuará sempre crescendo.

 

O que você acha? Quais são as tendências tecnológicas que você mais quer ver no agronegócio? Com tantas tecnologias de enorme potencial, o agronegócio tem muito espaço para crescer. Além disso, será necessária uma rede de suporte e serviços cada vez maior para comportar todas as necessidades do futuro produtor, aumentando as oportunidades para o setor.

 

Para continuar informado e saber tudo sobre o assunto, acesse sempre o nosso blog e fique atento a todas as oportunidades e às novas tecnologias que podem ajudar ainda mais o seu negócio.

 

Veja mais: Entenda como o clima influencia a agricultura

 

Post Relacionado