Colheita mecanizada da lavoura de tomate industrial

Colheita mecanizada da lavoura de tomate industrial

É fato que o trabalho no campo pode ser considerado árduo. Isso ocorria, principalmente, desde os tempos mais primórdios, quando muitas tecnologias não existiam. A boa notícia é que essa realidade está mudando de maneira gradativa.

Isso por conta, por exemplo, da introdução da colheita mecanizada em diversos plantios. No caso da lavoura de tomate industrial, é possível notar bons rendimentos e maior agilidade se comparados com a colheita manual.

Cada dia mais é possível notar as colhedoras mecanizadas sendo utilizadas como substitutas da forma manual de colheita, com o intuito de oferecer diversos benefícios que podem impactar a saúde financeira do produtor.

No caso da produção de tomate ser direcionada às indústrias, a colheita mecanizada passou a ser a melhor solução para que essa matéria-prima possa chegar às fábricas de forma mais rápida para ser processada.

O que é colheita mecanizada?

Para entender de uma forma simples, a colheita mecanizada é o uso de máquinas que colham os produtos plantados na lavoura. Os equipamentos utilizados para essa tarefa são conhecidos como colhedoras ou colheitadeiras.

Em suma, é por meio delas que é possível atingir ótimos resultados. É importante ressaltar que existe diferença entre mecanizada e semimecanizada.

Apesar de muitas pessoas confundirem os termos, ambas estão ligadas à forma como as máquinas operam:

  • Colheita mecanizada: quando a colheita é feita somente pela máquina responsável;
  • Colheita semimecanizada: quando a colheita mecanizada divide o trabalho com pessoas.

Como é possível observar, a colheita mecanizada em muitas lavouras não tira o trabalho de todos ou da grande maioria dos colaboradores rurais. O que aconteceu é que o trabalho pesado, realizado pelo homem, passou a ser feito pelas máquinas ou, ao menos, dividido com elas.

Colheita mecanizada de tomate vista por cima
Com a mecanização da colheita, o homem passou a dividir a tarefa com as máquinas na lavoura, com muitas vantagens.

Aspectos mais vantajosos de colher o tomate de maneira mecanizada

No caso específico do produtor de tomate, a colheita passou a ser realizada com muito mais eficiência de forma mecanizada. Para exemplificar, os benefícios podem ser sentidos diretamente em:

  • Redução do custo de produção;
  • Maior agilidade e produtividade;
  • Eficiência na colheita;
  • Redução de perda na produção;
  • Aumento da qualidade do produto a ser colhido.

Cuidados com a lavoura de tomate industrial

Mas, para que a colheita mecanizada possa ser utilizada, o produtor deve adotar algumas ações, ligadas principalmente na escolha da área em que o tomate industrial será plantado.

Além das condições topográficas do solo, também é necessário ressaltar o clima da região e a limpeza da área.

Em um ambiente onde o solo não tem as condições ideais, citadas acima, as hastes colhedoras poderão levar, junto ao tomate industrial, uma determinada quantidade de impurezas que serão direcionadas para os mecanismos da máquina.

Assim, além de misturar o tomate com todos os detritos presentes no solo, no momento da colheita, há grandes riscos também de danificar o equipamento e começar a reduzir a qualidade e a produtividade do mesmo.

No vídeo abaixo, veja como funciona o processo de colheita do tomate industrial:

Fonte: Mecanização Da Agricultura.

Um estudo realizado pelo município de Morrinhos/GO detectou que, durante a operação, a colhedora trabalhou com a rotação de um motor em 1900 rpm.

A velocidade média de operação era de 4,1 km/h. Para quantificar perdas, um gabarito de área interna de 2,5 m² foi utilizado.

As perdas foram, de fato, constituídas pelos frutos que não se destacaram da rama, após o momento em que houve a passagem da trilha. Já as perdas naturais e perdas na plataforma onde ocorre o corpo não foram contabilizadas.

De qualquer maneira, verificou-se um resultado de que não houve um efeito significativo de perda, já que o solo estava preparado e a máquina devidamente ajustada para aquela operação.

Veja mais um vídeo interessante do processo de colheita mecanizada de tomate, filmada por um drone e enviado pelo técnico agrícola Mateus Henrique Nunes Ferreira.

Colheita mecanizada de tomate industrial. Fonte: MF Rural

Configuração ideal da colheita mecanizada de tomate

Em suma, a colheita mecanizada na lavoura de tomate industrial é indicada para ser realizada com uma vibração mais alta. Já que, assim, mostra-se com um resultado muito mais eficiente na colheita.

Máquinas colhendo tomate industrial
Apesar da mecanização, também ocorrem perdas durante a colheita do tomate industrial.

As perdas citadas anteriormente na pesquisa ocorreram quando a vibração da máquina foi de 0,83 Hz.

Portanto, com uma vibração mais alta (no estudo realizado em Morrinhos, foi-se utilizada uma vibração de 2,5 Hz), a perda pode ser bem menor, aproximando-se de 4,91 t ha¹.

Para entender melhor, o tomate precisa ser retirado de suas ramas e isso não pode ser feito de uma forma tão superficial. Esse “desprendimento” depende de vários golpes da haste do rotor de trilha.

Com uma vibração mais alta e regulada de maneira adequada, a quantidade de golpe é menor e, assim, há maior eficiência na colheita.

Variedade dos tomates e ponto de maturação

É importante ressaltar que a variedade existente de tomates, assim como de qualquer outro fruto, pode impactar diretamente na hora da colheita mecanizada.

O motivo é que existem alguns tipos que realmente se desprendem com uma facilidade muito maior das ramas.

Confira nossa matéria sobre a produção de tomate industrial no Brasil.

Assim, não necessita de tantos golpes e pode existir uma frequência menor de vibração. Outra questão que pode influenciar é o ponto de maturação.

Quando ele se encontra um tanto quanto tardio, há uma tendência de existir danos mais graves, principalmente quando as vibrações são mais altas.

A colheita mecanizada vale a pena?

Diante de tais informações, é válido afirmar que a colheita mecanizada, principalmente n caso da lavoura de tomate industrial, é benéfica e pode, sim, ser extremamente útil.

No entanto, é necessário sempre observar tais características citadas e tomar o cuidado necessário para evitar perdas e danos gerais.

Veja também: Importância das hortaliças na agricultura familiar