Horta vertical: 8 dicas para montar a sua!

Horta vertical: 8 dicas para montar a sua!

Horta vertical é uma boa opção para quem quer produzir seus próprios alimentos, gerando autonomia e sustentabilidade, mas não tem espaço suficiente em sua casa para uma horta tradicional.

Neste artigo, confira 8 dicas e ideias que vão ajudar muito a iniciar a sua produção. Sem dúvida, uma horta vertical proporciona um visual diferente e bonito em sua casa!

E se você tem pouco espaço, mas quer cultivar outras plantas, também temos dicas sobre como cultivar suculentas e cactos em vasos.

O que é uma horta vertical?

Certamente consumir alimentos frescos direto da horta caseira é um hábito que gera muita qualidade de vida, não é mesmo?

Investir em soluções práticas e inteligentes para produção de alimentos também é uma alternativa saudável e sustentável.

Afinal, as hortas verticais são sistemas produtivos que otimizam espaços e promovem a produção de alimentos para atender residências, instituições e até mesmo para fins de comercialização.

Horta vertical com plantio de diversos vegetais
Uma horta vertical ocupa pouco espaço. Como o cultivo é feito normalmente em solos especiais, isso contribui para um sabor especial dos vegetais.

Aliás, a horta vertical surgiu como uma alternativa para realizar o aproveitamento de espaços, possibilitando o cultivo de alimentos por pessoas que moram em áreas urbanas e apartamentos, onde não há possibilidade de cultivo no solo.

A limitação de espaço é um fator comum principalmente nas grandes cidades. Com isto, a produção no solo fica inviabilizada por questões de deterioração física ou simplesmente por falta de extensão apropriada.

Portanto, as hortas verticais podem ser implantadas em muros e paredes, valorizando esses espaços e trazendo produtividade para locais onde antes era impossível manter o cultivo de vegetais e outras plantas.

As hortas suspensas podem ser construídas a partir de materiais diversos, principalmente com a utilização de itens recicláveis como as garrafas pet, pallets, potes de condimentos, etc.

Dessa maneira, uma horta em casa pode proporcionar muitos benefícios, como a criação de espaços verdes e saudáveis, fornecimento de alimentos, remédios naturais, economia, embelezamento do ambiente e sensação de bem-estar.

O que pode ser cultivado em uma horta vertical?

Quanto ao que pode ser cultivado numa horta vertical. Só para exemplificar algumas opções de verduras e de hortaliças: alface, couve, coentro, cebolinha, tomate cereja, rúcula, hortelã, espinafre, manjericão, alho, pimenta, pimentão, e plantas aromáticas e medicinais diversas.

Então, é importante se informar sobre os cuidados que cada uma das plantas exige, com relação a adubação do solo, época de semeadura e colheita, irrigação, transplante de mudas, e outros detalhes.

Dicas para montar a sua horta vertical:

1. Espaço disponível

O primeiro passo é definir onde será feita a sua horta, medir o espaço disponível e calcular quanto de material será preciso.

A escolha dos materiais utilizados depende de quais você tem mais acessíveis onde mora e da proposta do seu projeto.

2. Reutilize garrafas pet

Quem deseja ter uma horta mais sustentável, pode optar por recipientes de reuso, como garrafas pet, por exemplo.

As garrafas pet são recipientes muito interessantes para a construção de hortas e jardins verticais.

Além de ser um material amplamente acessível, pode ser facilmente manipulada para se transformar em pequenos canteiros suspensos.

Vegetais plantados em garrafas pet em horta vertical
O uso de garrafas pet é o sistema mais simples, barato e eficiente para fazer uma horta vertical. Além disso, promove o reaproveitamento de garrafas que provavelmente iriam para o lixo.

As garrafas pet devem ser usadas na horizontal. No centro, deve ser feito um corte circular por onde será feito o plantio.

Assim, elas podem ser dispostas de formas diversas, o mais comum é o uso de arames ou correntes que sustentam várias garrafas posicionadas com determinada distância umas das outras.

Também podem ser fixadas em alguma estrutura que pode ser de madeira, pallet, grades, etc.

3. Pallets

Entre os modelos mais populares de horta vertical, estão as que utilizam os pallets como estrutura. Certamente são feitos em madeira cujo material normalmente é descartado pelas empresas ou vendidos a preços acessíveis.

Pallets usados em horta vertical
Os pallets são usados para segurar os recipientes usados no plantio dos vegetais e também dão um destaque especial ao ambiente.

Os pallets devem ser adequados para receber as plantas. De modo geral, eles são fixados na parede e neles são parafusados os recipientes usado para o plantio.

Quem tem habilidades com marcenaria pode personalizar a horta de pallet de acordo com o estilo que quiser, já que é um material bastante dinâmico.

4. Tubos de PVC

Outro material barato e que permite vários layouts diferentes na horta vertical, é o tubo de PVC (Policloreto de Vinila).

Com ele é possível criar várias linhas de plantio, uma sobreposta a outra, ou até mesmo desenhos mais ousados. Tudo vai depender do espaço que você tem disponível e da criatividade, é claro!

Horta feita com canos de PVC
Usar canos de PVC para fazer uma horta vertical é outra opção prática para garantir a produção de hortaliças.

Passo a passo:

1- Com o auxílio da trena e da caneta, marque uma linha reta de uma extremidade à outra da calha. Em seguida, com a furadeira, faça furinhos distantes de 5 a 10 cm uns dos outros;

2- Escolha o local onde a horta ficará suspensa (pode ser em uma parede ou em um suporte de madeira). Em seguida, fixe os dois ganchos — para saber a distância correta entre eles. Pegue a calha e calcule a distância entre os terceiros furos das duas extremidades;

3- Em seguida, passe os dois cabos de aço por entre os terceiros furos de cada extremidade da calha. Na parte inferior do suporte, prenda o tubo de aço com um rebite e finalize com uma argola de metal. Depois, prenda os cabos aos ganchos. Depois, basta encaixar as tampas de PVC.

Aliás, com o uso de canos de PVC em horta vertical é possível plantar diferentes tipos de plantas. No vídeo abaixo, um produtor ensina como montar esse sistema que garante frutas e verduras frescas em casa, sem ocupar muito espaço:

Fonte: TV Sítio.

5. Escolha as plantas corretas

Ademais, no momento de fazer a escolha do que plantar, leve em consideração o tempo de sol que cada planta precisa, se as raízes crescem muito ou não, qual o espaço necessário para elas crescerem, entre outras informações.

Além disso, servirá para selecionar as plantas ideias para o local que você tem disponível e quais recipientes utilizar. Se é um local com baixa incidência solar, por exemplo, o ideal são plantas que não precisam de tanta exposição diária.

6. Tipo de irrigação

Também é necessário definir qual será o sistema de irrigação, se será manual ou automático. Nas hortas verticais, a terra seca mais rápido e, por isso, as regas devem acontecer diariamente.

Portanto, dependendo do modelo de horta, o ideal é dispor as plantas que precisam de menos água na parte superior e as que gostam mais, abaixo. Dessa forma os vasos de baixo aproveitarão mais água e ficarão úmidos por mais tempo.

7. Horta em baldes

Outra opção é colocar baldes sobrepostos uns aos outros, transformando-os em um canteiro.

Esse modelo ocupa pouquíssimo espaço e dispensa o uso da parede. É um modelo interessante para pequenos cultivos, em forma de horta vertical.

8. Busque inspirações

Na internet há milhares de modelos de hortas verticais que são interessantes fontes de inspiração.

Alfaces plantadas em vasos com  estrutura de metal
Vasos também podem ser usados como uma opção de horta vertical. Basta ter uma boa criatividade!

Por isso, é legal fazer uma busca antecipada para encontrar o modelo que você mais gosta e que combina com o espaço que tem, considerando aspectos funcionais e estéticos.

Aproveite os benefícios da sua horta vertical

Portanto, para quem já cultiva horta, é uma alternativa para inovar, sobretudo para quem nunca fez isso, é uma oportunidade de aprender com a natureza e manter um contato diário com ela. Aliás, de proporcionar uma alimentação mais saudável para toda a família.

Você pode manter os cuidados da sua horta produzindo adubação caseira. Em suma, além de aproveitar resíduos alimentares, vai manter seus vegetais mais fortes e saudáveis.

Mas, você pensa que são apenas essas dicas e opções de horta vertical que existem? Não! Existe muito mais. Abaixo, confira 100 ideias para sua escolha. Confira:

Fonte: Clodomiro Valeiro.

Visite o artigo que ensina como fazer adubo orgânico e aproveite mais essa dica.

E tem mais uma dica interessante: o cultivo de Baby Leaf de hortaliças que está atraindo cada vez mais consumidores.

Post Relacionado