A importância de condições confortáveis para otimizar desempenho na pecuária

A importância de condições confortáveis para otimizar desempenho na pecuária

A seleção de cabeças de gado ideais é, obviamente, um fator fundamental na pecuária para que sua produção transcorra de maneira correta. No entanto, não basta apenas ser cuidadoso na seleção dos animais; caso eles não estejam em condições confortáveis durante seu desenvolvimento, os resultados poderão ser sentidos no bolso.

Separamos algumas informações fundamentais que devem ser levadas em consideração na hora de decidir quais os parâmetros a serem seguidos no que se refere ao cuidado com os animais. Melhorar a qualidade de vida da produção reflete diretamente na qualidade do produto final.

Confira: Clima x Tempo: Entenda as diferenças

Cuidados com alimentação e hidratação

Um dos fatores primordiais para a saúde dos animais é a qualidade de sua alimentação, o que não envolve somente as quantidades de rações e vitaminas oferecidas, como também a qualidade das mesmas.

Muitos produtores, por exemplo, oferecem às cabeças de gado grandes quantidades de água, mas, sem conhecer a fundo detalhes higiênicos como procedência, qualidade (nível de pureza), se a quantidade está adequada ou não etc. Esses detalhes devem ser levados em consideração para prolongar a qualidade de vida dos animais.

Existem diversas raças de gado de corte (Angus, Nelore, Caracu, etc.) que exigem tipos específicos de alimentação. Não basta comprar um lote qualquer de ração, sem critérios, esperando obter resultados iguais aos de uma alimentação verdadeiramente balanceada, própria para aquela espécie.

Conforto térmico

O estresse não afeta apenas a nós, humanos. Os animais também são sensíveis a certos elementos que aumentam seu estresse, o que pode afetar diretamente a qualidade da carne e, no caso do gado leiteiro, afetar a produção de leite.

Temperaturas elevadas, o grau de umidade presente no ar e a radiação solar são fatores que devem ser levados em consideração. Os animais absorvem o calor presente no ambiente, assim como o que é produzido em seu organismo, criando desconforto e desgaste energético acelerado.

Sistema de pecuária leiteira em ambiente confortável
Sistema de pecuária leiteira em ambiente limpo e condições térmicas controladas

É digno de nota que, enquanto o frio afeta diretamente os animais mais jovens, o calor afeta diretamente os adultos. No caso do gado leiteiro, o ideal é que a temperatura permaneça entre 4 e 24 graus para garantir o máximo de eficiência.

Animais expostos a condições climáticas adversas são mais suscetíveis a doenças.

Informatização

A SBIAgro (Associação Brasileira de Agroinformática) é categórica em sua filosofia: os sistemas de gerenciamento e comunicação informatizados garantem ao produtor rural maior autonomia, controle de qualidade e sobrevida de sua produção.

Eventos são realizados anualmente por todo o Brasil com o objetivo de apresentar soluções informatizadas para negócios agropecuários, garantindo o máximo de qualidade no produto final e potencializando os lucros do produtor rural.

Na era da informação, é imprescindível estar modernizado para garantir a otimização dos serviços ao longo de todos os processos da fazenda. Sistemas de controle já desenvolvem tecnologias de internet das coisas (IoT), as quais permitem ter controle remoto de sua produção de qualquer lugar do mundo, bastando apenas possuir um dispositivo conectado à internet.

Confira: Como reduzir os custos na agropecuária em 7 passos

Conclusão

Estas são apenas pequenas amostras sobre os pontos centrais referentes aos cuidados que você, produtor rural, deve ter com seus animais. Afinal, o correto controle da temperatura, da alimentação e dos processos por meio de softwares e hardwares habilitados será, em longo prazo, muito mais interessante do que investir fortunas para tratar enfermidades de seus animais.