Frutas exóticas encontradas no Brasil: conheça essas raridades

Frutas exóticas encontradas no Brasil: conheça essas raridades

O Brasil é um país tropical, com diferentes tipos de solo, o que resulta no cultivo de uma variedade enorme de frutas, em absolutamente todas as regiões.

É claro que já estamos habituados às frutas mais comuns, que podem ser facilmente encontradas por todo o país, como a manga, o mamão e a banana (clique aqui para aprender o passo a passo do plantio da fruta), por exemplo. Porém, existem frutas que surgem apenas em determinados lugares e estações do ano. Logo, são conhecidas como “frutas exóticas”.

E não se engane. Por mais que você esteja acostumado a consumir uma determinada frutas, típica da sua região, elas podem ser consideradas exóticas pelo simples fato de não estarem presentes em nenhum outro lugar, sendo uma novidade para a maioria das pessoas.

Por possuir excelentes condições climáticas, o que garante a produção de diversas frutas trazidas de outros continentes, o Brasil também oferece uma lista enorme de frutas nativas, ou seja, que surgiram no país. Estima-se que esse número já passe de 300.

Hoje, vamos falar sobre algumas frutas raras ou exóticas, encontrados somente por aqui. Então, se você tem curiosidade em conhecer um pouco mais sobre o assunto, é só continuar lendo esse artigo.

CUPUAÇU

A primeira das frutas exóticas que iremos citar é o cupuaçu (Theobroma grandiflorum), típica da Amazônia. Possui uma polpa branca, muito semelhante à do coco. Aliás, suas propriedades nutricionais também são muito parecidas, incluindo uma grande quantidade de antioxidantes.

Duas frutas cupuaçú. Uma delas com a semente quebrada

Por também ser rica em óleos altamente nutritivos e possuir ação regeneradora, essa fruta é largamente utilizada na indústria dos cosméticos, na fabricação, principalmente, de máscaras e esfoliantes corporais.

Onde pode ser encontrada?

Além de crescer nas entranhas da Floresta Amazônica, o cupuaçu pode ser encontrado em Rondônia, Maranhão, Acre, Amazonas e Pará.

Principais usos:

  • As sementes são normalmente utilizadas na produção de leite, manteiga e chocolate;
  • A polpa costuma ser utilizada em coquetéis, vitaminas, mousses, pudins, cremes e doces no geral;
  • Seu principal uso é no setor da beleza, onde, além do que já citamos, pode ser encontrado em shampoos e cremes para o corpo;
  • Sua casca também é aproveitada na fabricação de bolsas e joias artesanais.

Principais benefícios para a saúde:

  • Fortalece o sistema imunológico, sendo rica em vitaminas A, B, C, cálcio, potássio, fibras e fósforo;
  • É uma fruta rica em antioxidantes, ajudando o corpo a eliminar os radicais livres e combater o colesterol;
  • O cupuaçu também é ótimo para o sistema digestivo, já que é rico em fibras.

CAJÁ

Embora seja encontrada em mais de uma região, o principal estado produtor dessa fruta é a Bahia.

Fruta cajá ainda verde no pé

O cajá (Spondias mombin) apresenta uma fina casca amarelo-alaranjada, além de um sabor único, com um paladar doce acentuado. Sua árvore, a cajazeira, pode alcançar até 25 metros de altura, tendo seu primeiro ciclo reprodutivo somente 3 anos após o plantio.

Onde pode ser encontrada?

Geralmente, encontramos esta fruta exótica nos estados de Sergipe, Alagoas, Piauí, Ceará, Bahia e Pernambuco.

Principais usos:

  • Produção de sorvetes, geleias e sucos;
  • Uso na fabricação de licores e vinhos;
  • Sua polpa costuma ser congelada e utilizada em sucos, principalmente em regiões onde não há o cultivo do cajá.

Principais benefícios para a saúde:

  • Rico em ferro, magnésio e vitamina C;
  • Fortalece o sistema imunológico;
  • Livre de colesterol;
  • Possui enorme quantidade de antioxidantes.

UVAIA

Essa fruta, típica da Mata Atlântica, é muito conhecida por seu sabor forte e por seu perfume intenso. O nome uvaia, aliás, vem de “ubaia” que, em tupi-guarani significa “fruto azedo”.

Frutas uvaia maduras no pé.
A uvaia é uma das frutas exóticas encontradas na Mata Atlântica.

A uvaia (Eugenia pyriformis) apresenta casca amarelada e, em seu interior, duas minúsculas sementes. Apesar de ser muito apreciada, principalmente na região sul do país, sua árvore costuma ser plantada apenas para consumo doméstico, já que a fruta, ao cair da árvore, oxida com bastante facilidade, dificultando a comercialização.

Onde pode ser encontrada?

Sua incidência é forte em estados como o Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo, mas também pode ser encontrada no Ceará e no Rio Grande do Norte.

Principais usos:

  • Sucos e geleias;
  • A fruta é bastante utilizada em processos de reflorestamento, já que é muito bem aceita por dezenas de espécies de pássaros;
  • Sua árvore costuma ser utilizada em trabalhos de paisagismo.

Principais benefícios para a saúde:

  • Rica em flavonoides, catequina, procianidina e epicatequina, a uvaia apresenta propriedades fortemente antioxidantes;
  • A uvaia também contém licopeno, o que pode ajudar na aparência da pele;
  • Com flavonóis e antonocianinas, essa fruta também ajuda a combater os radicais livre.

CAMBUCI

O cambuci (Campomanesia phaea) é mais uma das frutas exóticas nativas da Mata Atlântica e, embora ainda seja pouco conhecida, é bastante utilizada na culinária de certas regiões, graças ao seu sabor forte e ácido.

Fruta cambuci no pé.

Seu formato é muito peculiar lembrando, por vezes, os famosos discos voadores do cinema, já que são levemente arredondados, mas com uma espécie de “órbita” ao redor. Sua casca é esverdeada e bastante fina, podendo ser consumida junto com a fruta.

Onde pode ser encontrada?

Embora estivesse presente em São Paulo e em Minas Gerais, a extinção das matas acabou eliminando essa fruta em tais estados, durante um grande período de tempo. Atualmente, sua produção está crescendo novamente no Sudeste, reconquistando lugar lentamente.

Principais usos:

  • Sucos, geleias, sorvetes e licores;
  • Alimento para animais silvestres em áreas de reflorestamento.

Principais benefícios para a saúde:

  • Fortalecimento do sistema imunológico;
  • Rica em betacaroteno, que auxilia na visão e reduz os riscos de problemas musculares;
  • Possui alto teor de potássio e magnésio, auxiliando no controle da pressão arterial;
  • É um excelente antioxidante, sendo uma fruta rica em vitamina C.

CAMBUCÁ

O nome cambucá (Plinia edulis) vem do tupi e significa “chupar fruta”, sugerindo a melhor maneira de consumi-la. O cambucá é nativo da Mata Atlântica brasileira, pertencendo a família Myrtaceae, assim como a pitanga e a jabuticaba.

Fruta cambucá no pé
O cambucá é uma das frutas exóticas que tem diferentes finalidades, desde polpa, paisagismo e até na fabricação de móveis.  Foto: Greenme.

É também uma fruta rara até mesmo em seu habitat natural, onde sua árvore leva cerca de 12 anos para começar a dar frutos.

Sua polpa é extremamente suculenta e ácida, lembrando frutas como o mamão e a manga. Por estragar com bastante facilidade, quando não é consumida fresca, acaba usada na fabricação de doces e geleias.

Onde pode ser encontrada?

Até meados do século XX, o cambucá era encontrado ao longo de uma longa faixa, do Espírito Santo ao sul do Paraná. As árvores de cambucá faziam parte da paisagem costeira e montanhosa do Rio de Janeiro, da região de Ubatuba e das florestas nativas do Espírito Santo. Hoje, porém, essas árvores são bastante raras.

Principais usos:

  • A polpa e a casca são utilizadas no preparo de sorvetes, geleias, doces e sucos;
  • Muito apreciada quando utilizada em licores;
  • Usada, também, em projetos de paisagismo, já que possui uma copa densa e um tronco ornamental bastante expressivo;
  • Sua madeira é resistente e pesada, sendo utilizada na fabricação de móveis e ferramentas.

Principais benefícios para a saúde:

  • Rica em potássio, a fruta auxilia no controle da pressão arterial;
  • Fonte de fósforo, ajuda na formação dos ossos e na manutenção de células e tecidos;
  • O cambucá também apresenta grande concentração de cálcio, ferro, vitamina B3 e vitamina C.

Gostou de conhecer algumas frutas exóticas brasileiras? Então aproveite para acessar a nossa sessão sobre compra e venda de frutas.

Veja também: Como plantar maracujá – todas etapas de cultivo