Médico veterinário: importância para a economia rural

Médico veterinário: importância para a economia rural

Médico veterinário e a pecuária, é uma parceria que existe no Brasil há quase 90 anos e só traz benefícios para a nossa economia. Esse profissional garante a saúde dos animais e, certamente, na qualidade da carne vendida no mercado interno e exportação.

Quer saber como o trabalho do médico veterinário impacta na rentabilidade do campo?

Acompanhe o post para descobrir e anote, ainda, as dicas para escolher o profissional ideal para a sua fazenda, e se precisar consulte um aqui.

Importância do médico veterinário para o agronegócio

Diariamente, a população consome uma infinidade de produtos de origem animal, como carne, ovos, leite, peixes, mel, entre outros.

Assim, a busca por qualidade fez com que grande parte dos pecuaristas investisse na produção, implementando novas técnicas de manejo, de gestão da fazenda, aquisição de novas raças de animais, infraestrutura.

Isso sem falar na adoção da tecnologia para otimizar a produção e na contratação de profissionais especializados.

Entre eles está o médico veterinário, que contribui fortemente para o sucesso da pecuária brasileira.

Até algum tempo atrás, o profissional veterinário tinha, basicamente, a função de controlar as doenças do rebanho, além de prevenir e controlar as epizootias e zoonoses, isto é, doenças dos animais que podem ser transmitidas ao homem.

Com o passar do tempo, os serviços de saúde animal se expandiram para garantir uma produção mais eficiente e com qualidade superior.

Veterinário prepara injeção a ser aplicada em bovinos
O veterinário exerce uma função importante na prevenção e controle de doenças no rebanho.

Assim, o trabalho do no campo é fundamental para aplicação de técnicas de seleção genética do rebanho, prevenção de doenças, higiene, manejo e nutrição animal, entre outras atribuições.

Ou seja, o médico veterinário atua em sistemas de produção de leite, carne, ovos, mel e outros desde a fazenda, passando pela vigilância sanitária, até a fiscalização e controle de tais produtos.

A vida do homem está diretamente ligada a várias espécies de animais. Conheça um pouco mais do do curso que tem tudo a ver com essa relação: o de Medicina Veterinária:

Fonte: TV Unesp.

Vantagens de contar com um médico veterinário na fazenda

Como você percebeu, esse profissional exerce papel fundamental no agronegócio.

Afinal, para entender melhor a importância do médico veterinário no campo, vejamos um exemplo: em épocas de estiagem, que comprometem severamente a disponibilidade das pastagens, ele ajudará na tomada de decisão a respeito de como deve ser feita a nutrição do rebanho.

O objetivo é apresentar soluções para que a produção não seja prejudicada e, consequentemente, para evitar prejuízo para o pecuarista.

Outro exemplo é o agronegócio do leite. Para a produção leiteira, incluindo seus derivados de qualidade, é essencial que a vaca esteja sadia.

Para isso, é preciso ter um excelente manejo sanitário, nutricional e reprodutivo — funções desempenhadas pelo médico veterinário.

Médico veterinário registra em tablet as condições sanitárias de suínos
Além da saúde animal, o veterinário também é responsável por outras atividades na fazenda, como garantir a produtividade e a qualidade dos produtos.

Do mesmo modo, os insumos para a produção de laticínios, tais como vacinas, medicamentos, rações, suplementação mineral, inseminação artificial, são de responsabilidade do profissional da saúde animal.

Importância do profissional

Portanto, ter o acompanhamento de um veterinário garante a produtividade, a qualidade dos alimentos e demais produtos.

A seguir, conheça melhor a importância do médico veterinário nas fazendas:

  • aumento da segurança dos produtos de origem animal;
  • otimização da produção;
  • auxílio para utilizar os recursos de maneira a ter melhores resultados;
  • garantia de que o rebanho será mantido em condições higiênicas saudáveis e de acordo com a legislação;
  • detecção precoce, vigilância e tratamento correto de doenças, incluindo as de importância na saúde pública, como, por exemplo, a febre aftosa;
  • nutrição balanceada para promover a saúde dos animais;
  • inspeção de animais vivos e suas carcaças, garantindo a adequação da carne e seus subprodutos;
  • seleção genética de matrizes;
  • certificação dos produtos de origem animal para a exportação;
  • implementação de medidas corretivas em caso de surtos de doenças;
  • fornecimento de informações importantes para a tomada de decisões do produtor;
  • elevação do padrão dos produtos e o consequente aumento do faturamento do fazendeiro.

Como escolher o profissional mais adequado para a fazenda?

Para obter todas as vantagens citadas, é fundamental escolher um médico veterinário bem capacitado para auxiliar na gestão da sua fazenda.

Para que isso ocorra, é preciso analisar uma série de aspectos. A seguir, veja o que observar para fazer a escolha correta.

Médico veterinário faz carinho em um cavalo
Uma das maiores motivações dos veterinários, no momento de escolher a profissão, é o seu amor aos animais.

Necessidade

O primeiro passo é identificar quais são as necessidades da sua fazenda. Para isso, leve em consideração os seguintes fatores:

  • animais criados (aves, peixes, porcos, ovelhas, bois, cavalos);
  • raças;
  • finalidade da produção (corte, reprodução, postura, produção de leite);
  • quantidade de animais;
  • forma de criação (confinamento, pastagens).

Procure listar o máximo de detalhes sobre a sua produção. Com efeito, essas informações serão extremamente importantes para nortear a escolha sobre o profissional ideal para o seu negócio.

Especialidade do médico veterinário

Verifique qual é a área que o veterinário atende e escolha de acordo com os critérios listados na etapa anterior.

Isso porque um profissional com especialidade em vacas para a produção de leite pode ser diferente do que se especializou em gado de corte, por exemplo.

Recomendação

A indicação de amigos, conhecidos e outros produtores ajuda muito a escolher o veterinário mais adequado.

Então, solicite recomendações a pessoas de confiança e cujo trabalho do profissional tenha reconhecimento.

Experiência

Ao entrevistar um candidato a médico veterinário da sua fazenda, faça todas as perguntas que julgar necessárias.

Dessa maneira, procure saber bastante sobre a sua experiência: formação, tempo de trabalho, área de atuação, locais em que trabalhou, dificuldades encontradas, resultados obtidos.

Aliás, lembre-se que, devido à importância do veterinário no agronegócio, é essencial que ele tenha um certo conhecimento sobre gestão, tendo em vista que ele deverá auxiliar nas tomadas de decisões.

Atendimento

Ainda de acordo com as necessidades da sua fazenda, questione sobre a disponibilidade do profissional.

Veterinária analisa a pata de um cavalo
O médico veterinário deve estar disponível, de forma mais ágil possível, para atender qualquer intercorrência nos animais da fazenda. É um detalhe importante na escolha do profissional.

Verifique se ele estará presente diariamente acompanhando todas as etapas e, principalmente, se realiza atendimentos emergenciais ou se conta com uma equipe para essa atividade.

É preciso levar em conta a distância entre a clínica veterinária e sua fazenda. Isso é fundamental para que o atendimento seja eficiente.

Enfim, conhecer a importância do médico veterinário no campo é fundamental para escolher o profissional mais bem habilitado para ajudar no crescimento dos lucros.

Afinal, além de elevar o padrão de qualidade dos produtos, é possível realizar o manejo da melhor forma com os recursos disponíveis. Sem esse profissional, o ciclo produtivo da pecuária fica incompleto.

Então, não deixe de buscar alguém especializado e com vasto conhecimento sobre o cenário do agronegócio, incluindo funcionamento dos processos, gestão e políticas comerciais.

Quer ajuda para encontrar um médico veterinário que atenda às necessidades do seu rebanho? Confira os anúncios no site MF Rural!

Post Relacionado