Kiwi: plantio e benefícios dessa fruta exótica!

Kiwi: plantio e benefícios dessa fruta exótica!

O plantio de kiwi, uma fruta rica em vitamina C e que traz muitos benefícios à saúde, vem atraindo cada vez mais produtores interessados. Eles estão de olho no consumo que vem crescendo no Brasil.

Segundo o UN Comtrade (banco de dados de estatística das Nações Unidas), o consumo de kiwis importados no Brasil apresentou um crescimento de 18%, nos últimos cinco anos, atingindo US$ 43 milhões em 2018, o equivalente a 29 mil toneladas.

Assim, entenda, a seguir, como é feito o plantio e os benefícios dessa fruta que, além de deliciosa, faz muito bem para a saúde. Boa leitura!

Origem do kiwi

O Kiwi (também conhecido como quivi ou quiuí) é uma fruta proveniente da espécie Actinidia deliciosa, típica de locais com clima temperado. Possui polpa de coloração esverdeada e uma casca marrom coberta de uma espécie de micro-pêlos.

A sua origem é das regiões frias e úmidas da China. Entre 1800 e 1900 o conhecimento da fruta espalhou-se da China para plantio em outros países. Posteriormente, em 1906 sementes do kiwi foram para a Nova Zelândia que começou a exportar a sua produção para os Estados Unidos, em 1962.

Kiwi fruta cortado ao meio, mostrando suas características
Com sua tradicional polpa verde e casca marrom, o kiwi faz sucesso em todo o mundo. É uma fruta com muitos benefícios nutricionais.

Aliás, a denominação dada ao fruto é em homenagem a ave símbolo da Nova Zelândia (“kiwi”), com a qual se aproxima na forma e nas cores vibrantes, até no sabor extravagante da fruta com seu valor nutritivo.

Os benefícios do Kiwi para a sua saúde

Com seu sabor exótico e marcante, o Kiwi traz diversos benefícios para a saúde, pois tem muitos nutrientes e poucas calorias, além de não possuir colesterol.

É uma ótima opção para quem busca uma alimentação equilibrada. Decerto que, ao consumir a fruta, você vai ingerir vitaminas C, A e B, aminoácidos e sais minerais, como ferro, fósforo e zinco.

Mulher comendo kiwi com colher, benefícios.
kiwi pode ser consumido in natura. Como benefícios é rico em vitaminas C, A e B, entre outros nutrientes.

Aliás, o kiwi possui quantidades menores de outros nutrientes, como vitamina B6, niacina, vitamina A, que reproduz as células, agindo no combate às rugas da pele, riboflavina, cálcio, zinco, ferro e ácido pantotênico, fósforo e os aminoácidos glutamato e arginina.

Segundo a nutricionista Fernanda Bortolon, alguns dos benefícios que a fruta proporciona são:

  • Ajuda na imunidade;
  • É bom para a visão;
  • Auxilia no bom funcionamento do intestino;
  • Possui baixo índice glicêmico;
  • É ótimo para a pele;
  • Controla a pressão arterial;
  • Ajuda na digestão.

Um estudo mostrou que consumindo três ou mais frutas de kiwi por o dia é possível reduzir em 36% o risco de desenvolver uma doença degenerativa que afeta a porção central da retina (chamada DMRI).

Assim, com estas qualidades e seu sabor extravagante, o kiwi faz grande sucesso nos buffets de frutas que ornamentam as festas e já integra parte do dicionário dos gourmets e dos ingredientes dos pratos mais requintados e saborosos.

Confira, no vídeo abaixo, uma das delícias que você pode fazer em casa com essa fruta: mousse de kiwi cremoso e refrescante. Confira!

Fonte: Rafael Camargo.

Cultivo do Kiwi no Brasil

Conforme citamos acima, devido a esses benefícios para a saúde e “fama”, o kiwi vem atraindo cada vez mais produtores interessados no plantio dessa fruta. Farroupilha,  localizada na região metropolitana da Serra Gaúcha, é a maior produtora de kiwi no país.

Atualmente, 85 produtores plantam a fruta, em uma área total de 130 hectares. A maior parte da produção de kiwi de Farroupilha é vendida para o centro do país, especialmente para São Paulo.

Plantação de kiwi no Brasil
O kiwi tem um plantio ainda pequeno no Brasil e, por isso, o país precisa importar essa fruta.

Mas, como a demanda interna é bem maior do que a produção, a maior parte dos kiwis vendidos no Brasil vem da importação de países como Chile, Nova Zelândia e Itália.

Portanto, é um potencial a ser explorado pelos produtores rurais brasileiros. Mas, como nas demais culturas, o cultivo não é tão simples e precisa seguir algumas técnicas, desde o plantio, para fazer a diferença na qualidade dessa fruta.

Produção de mudas para plantio

Para que o pé de kiwi se desenvolva da melhor forma possível, é necessário entender as suas necessidades, desde a produção de mudas, antes do plantio e atingir todos os seus benefícios. Isso porque não se deve utilizar diretamente as sementes para o plantio, por diversos motivos, tais como:

  • A imprecisão das futuras características da fruta;
  • Não ser possível saber o sexo das mudas vindas de semente.

Além disso, a porcentagem das sementes comercializadas geralmente chega a 80% e esses não geram frutos. Com isso, eles teriam de ser eliminados, mas isso só aconteceria após aproximadamente 4 anos, quando surgiria a 1ª floração.

Então, já deu para entender que não se deve utilizar sementes para o plantio de kiwi, o ideal é investir em boas mudas.

Um ótimo lugar para compra-las é no site MF Rural, marketplace de agronegócio, onde você encontrará diversas opções de mudas de qualidade, para que você tenha o controle do que está plantando e saiba exatamente o que e como vai colher.

Como é feito o plantio de kiwi

Antes de realizar o plantio do kiwi, verifique se existem nematoides no solo. Caso seja necessário, realize uma fumigação da área, ou seja, um controle de pragas através do tratamento químico, para não comprometer a planta.

Pés de kiwi com suportes
Após escolher as mudas, o plantio do pé de kiwi só deve ser feito após o controle de pragas e preparo do solo.

Faça a fertilização, com adubo orgânico, como esterco de galinha ou gado. Tenha um bom suporte, pois o pé de kiwi é uma planta trepadeira. Para evitar que o seu caule quebre, você deve usar algo como uma cruzeta em “T”.

A melhor época para plantar kiwi é entre julho e agosto para mudas de raízes nuas enquanto que em entre setembro e outubro para mudas em torrão.

Outro detalhe importante é decidir que tipo de kiwi você quer plantar, já que existem as variedades de kiwi femininas, que são a Bruno, Monty, Abbott e Hayward, e machos Matua, Tomuri e MPV. Para produzir frutos, é preciso ter pelo menos um macho e uma fêmea.

Colheita

Após quatro anos do plantio, o produtor finalmente terá a primeira colheita de kiwi. Ela é feita de abril a maio, em tempo seco para evitar que a fruta embolore.

Plantio e colheita dos frutos
A primeira colheita do kiwi é feita após quatro anos do plantio e o produtor precisa analisar as condições do fruto.

O ponto ideal para a colheita do kiwi é dado por meio da análise da concentração de açúcares, e será quando o fruto atingir 6,2º Brix. Outro fator que pode ajudar na determinação da maturação do kiwi é a firmeza da polpa.

Em seguida, deixe o kiwi amadurecer em temperatura ambiente de 3 a 5 dias. Caso necessário, a fruta madura pode ser armazenada na geladeira por até 7 dias.

Se precisar armazenar por mais tempo, coloque os kiwis em saco plástico na geladeira por até 2 semanas.

Confira, no vídeo abaixo, qual é o ponto ideal para a colher o kiwi:

Fonte: Cultura da Roça.

Portanto, em se tratando de frutas exóticas, o kiwi é uma das mais lembradas e consumidas, trazendo muitos benefícios para sua saúde, podendo ser uma boa opção para plantar no Brasil.

Quer outra dica legal? Acesse nosso post sobre a pitaya (ou pitaia) outra fruta de sabor doce e refrescante. Certamente vai te conquistar pelos olhos, tamanha sua beleza.

Post Relacionado