Crotalária no controle de nematóides na lavoura

Crotalária no controle de nematóides na lavoura

A crotalária é uma das formas de controlar nematoides na lavoura, através de um manejo cultural com resultados positivos e eficientes.

Por isso, conheça mais sobre como funciona o controle de nematoides com crotalária e também algumas das principais características dessa técnica!

Como a crotalária controle os nematoides

A crotalária é uma planta leguminosa, originária da Índia. Seu tamanho e a cor da floração amarela, em diversos tons, varia conforme sua espécie que pode chegar de 80 cm a 3 metros de altura.

Esta planta serve de forrageira para adubação verde, depositando nitrogênio no solo, melhorando assim sua fertilidade em benefício da lavoura. A crotalária fornece fibra vegetal para fabricação de alguns tipos de papel, a exemplo do carbono.

Crotalária com a sua coloração e flores
A crotalária traz muitos benefícios à lavoura, entre eles o combate aos nematoides.

Mas, ela também está sendo utilizada para combater um dos grandes inimigos da lavoura: os nematoides. Isso porque as crotalárias possuem a capacidade de produzir compostos tóxicos, chamados de alelopáticos, que conseguem impedir a movimentação dos nematoides.

Com isso, a crotalária atua como se fosse uma planta armadilha, pois impede que os nematoides consigam completar o ciclo de vida, impedindo que cheguem à vida adulta e comecem a causar os estragos em diversas plantações.

Sendo assim, esse tipo de uso é considerado controle cultural, porque não utiliza composições químicas no controle da praga. Assim sendo, traz vários benefícios, como redução de custos e melhor qualidade do solo de um modo geral.

Diferentes tipos de nematoides

Existem diferentes tipos de nematoides, todavia a crotalária é eficiente para fazer o controle de todos eles na lavoura.

Alguns dos principais tipos são:

  • Pratylenchus brachyrus, que são os nematoides das lesões radiculares;
  • Heterodera glycines, que são os namatoides do cisto;
  • Meloidogyne javanica e M incógnita, que são os nematoides de galhas.

Essa diversidade, inclusive, é um dos motivos de se optar por controle cultural, porque se torna difícil identificar qual o tipo de nematoide presente na lavoura em questão, para que o controle químico pudesse ser feito com eficiência.

Benefícios do uso da crotalária

De acordo com a nematologista Rosangela Silva, da Fundação de Apoio à Pesquisa Agropecuária de Mato Grosso (Fundação MT), “o plantio da crotalária reduz em até 80% a incidência de nematoides se a leguminosa for bem formada. Além disso, ela ainda disponibiliza nitrogênio no solo, auxiliando na nutrição da cultura posterior”.

Produtor mostra raízes de plantas atacadas por nematoides
Os nematoides atacam as raízes das plantas, comprometendo o seu desenvolvimento. A crotalária está ajudando os produtores a combater essa praga.

Portanto, o resultado é extremamente satisfatório na redução do parasita, sendo muito vantajoso. Ademais, a forma que o controle cultural ocorre é prática e fácil, de modo que requer menos investimento do que outros tipos de controle.

Como ocorre o controle dos nematoides usando a crotalária

Para que o controle dos nematoides na lavoura, usando a crotalária, possa ser feito, o ideal é que seja iniciado na entressafra. Apenas com a palhada, através de plantio direto, a contribuição para o controle dos nematoides é grande.

Além disso, é possível utilizar o consórcio do milho e milho/safrinha juntamente com a crotalária, com dois benefícios diretos: controlar os nematoides e ainda pode lucrar com a venda dos grãos.

Com isso, os resultados do acúmulo de palhada e produtividade do milho, dispensam a necessidade de aplicação de defensivos agrícolas.

No vídeo abaixo, confira como está sendo combatida a ação dos nematoides na lavoura de soja no Rio Grande do Sul. Uma das principais medidas adotadas está justamente o uso da crotalária:

Fonte: Rio Grande Rural.

Considerações finais

Dessa maneira, a utilização da crotalária, como manejo cultural, traz resultados extremamente satisfatórios visando o controle de nematoides na lavoura.

Com isso, se torna muito mais vantajoso em termos financeiros e também na nutrição e rotação, a utilização do controle por cultura.

Aliás, tem uma curiosidade sobre essa planta. Você sabia que ela também pode ajudar no combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da Dengue, Chicungunya, Febre Amarela e Zica Vírus.

A crotalária atrai para si, através do seu odor várias espécies de libélulas, as quais se alimentam de vários insetos, e têm em seu “cardápio” o mosquito Aedes Aegypti. Portanto, é uma planta que traz muitos benefícios, à agricultura e à nossa saúde.

Por falar em pragas que atacam as lavouras, acesse nosso artigo sobre as principais pragas do milho e como elas atacam. Boa leitura!

Post Relacionado